terça-feira, 20 de novembro de 2012

Pedras na vesícula

20 de dezembro de 2012


COMO LIMPAR SEU FÍGADO E SUA VESÍCULA



Tradução de parte do livro da
Dra. Hulda Clark - 1999,  página 562



As letras vermelhas em itálico são minhas observações pessoais.
IMPORTANTE: Leia também todos os comentários no final do blog. Têm ótimas dicas.

Fiz minha primeira limpeza dia 19/12/2012, e deu certo.
Até hoje, 22/05/2014, já limpei 11 vezes e ainda tá saindo pedra.

Veja neste vídeo de pouco mais de 1 minuto, o que o Dr. Lair Ribeiro fala sobre este protocolo.
O Dr. Lair Ribeiro é Cardiologista, Nutrólogo e Psiquiatra.
https://www.youtube.com/watch?v=F7tnaIz_2SM&feature=youtu.be
(se não entrar direto clicando aqui, copie o link e cole no seu navegador - browser)

NOVO: Veja também no vídeo de apenas 12 segundos, como a pedra é por dentro.
http://youtu.be/T2HHmsrW16M
(se não entrar direto clicando aqui, copie o link e cole no seu navegador - browser) 

NOVO: Nestes dois vídeos a seguir você vai saber tudo que precisa sobre como as pedras se formam e as consequências. Muito bons.
Parte 1:
http://youtu.be/tQCIkt0QkLM
Parte 2:
http://youtu.be/DkhsQiUToC8
(se não entrar direto clicando aqui, copie o link e cole no seu navegador - browser) 


Veja as fotos lá no final, das pedras que saíram de mim nas várias limpezas que já fiz.

As figuras, eu baixei da internet e editei aqui.

É muito importante ler este blog INTEIRO antes de fazer o procedimento.

Cuidado:
Não faça a limpeza do fígado e da vesícula enquanto estiver sofrendo de alguma doença aguda (gripe, dengue, febre, etc.), mesmo que seja um simples resfriado.
Porém, se você sofrer de alguma doença crônica, submeter-se a uma limpeza hepática é a melhor coisa que você pode fazer para si mesmo.


Este procedimento contradiz muitos pontos de vista de médicos modernos.
Eles acham que as pedras são formadas na vesícula, não no fígado.
O termo “pedra” é figurativo. Na verdade são cálculos biliares ou hepáticos.
Eles pensam que são poucas, não milhares.
Acreditam que as pedras não estejam ligadas a outras dores, só às das crises da vesícula.
É fácil entender porque eles acham isso: quando você tem ataques agudos de dor, algumas pedras que estão na vesícula são grandes o suficiente, calcificadas o suficiente pra serem vistas no raio-X, e já causaram inflamação lá.
Quando a vesícula é removida, as cólicas agudas desaparecem, mas a bursite e outras dores, além de problemas digestivos, permanecem.

A verdade é autoevidente.
Pessoas que tiveram sua vesícula removida cirurgicamente, ainda têm um monte de pedras verdes cobertas de bile, e qualquer um que se preocupa em dissecar suas pedras, pode ver que os círculos concêntricos e cristais de colesterol, são exatamente iguais aos das fotos.
As pedras têm a textura de queijo, só que são meio gosmentas (veja o vídeo de poucos segundos onde eu corto uma pedra com uma faca).

Livrar o fígado e a vesícula de pedras melhora dramaticamente a digestão, o que é a base de toda a sua saúde.
Você pode contar com o desaparecimento de suas alergias também, ficam melhores a cada limpeza que você faz. De fato.
Incrivelmente, essa limpeza também elimina dores nos ombros, nas partes superiores dos braços e das costas.
Você passa a ter mais energia e aumenta a sua sensação de bem-estar.

A limpeza dos dutos de bile do fígado é o procedimento mais potente que você pode fazer pra melhorar a saúde do seu corpo.
Mas ela não deveria ser feita antes do programa de limpeza dos parasitas, e, para melhores resultados, deveria ser após a limpeza dos rins.
Eu fiz a limpeza do fígado e da vesícula sem antes fazer as outras recomendadas aqui neste parágrafo, mas deu tudo certo, sem dor. Na próxima, daqui a duas semanas, eu vou matar os parasitas antes. Vou traduzir e postar esses dois tratamentos logo. Também estão no livro.

A missão do fígado é produzir bile, de 1 a 1,5 litros por dia, aproximadamente.

O fígado é cheio de tubos (tubulação biliar) que levam a bile pra um tubo maior (duto comum de bile). A vesícula é presa a esse duto e é usada como reservatório.

Desenho extraído do livro de Andreas Moritz "Limpeza do Fígado e da Vesícula"
http://www.thodio.com/LIMPEZA-DO-FIGADO-E-DA-VESICULA.pdf

Comer gorduras (óleos em geral) ou proteína faz com que a vesícula se esprema até esvaziar depois de aproximadamente 20 minutos, e a bile estocada termina sua viagem descendo pelo duto comum até o intestino delgado.

Pra muitas pessoas, incluindo crianças, a tubulação biliar está congestionada por pedras. Algumas desenvolvem alergias ou urticárias, mas outras não demonstram nenhum sintoma.


Quando a vesícula é escaneada ou submetida ao raio-X, nada é visto.
Tipicamente, as pedras não estão na vesícula. Não é só isso, muitas são muito pequenas e não são calcificadas, o que seria um pré-requisito pra serem visíveis no raio-X.


Existe mais de meia dúzia de variedades de pedras, muitas das quais têm cristais de colesterol dentro delas.

Elas podem ser pretas, vermelhas, brancas, verdes ou meio amarronzadas. As verdes ficam dessa cor porque são cobertas com bile.

Coloquei junto essa moeda de dez centavos pra você ter uma referência de tamanho.


É fácil visualizar os dutos de bile bloqueados por essas formas. Outras pedras são aglomerações feitas por muitas pequenas, mostrando que elas são reagrupadas nos dutos de bile em algum momento após a última limpeza.
Bem no centro delas, encontram-se colônias de bactérias que, de acordo com os cientistas, sugerem que um pedaço de um parasita morto pode ter começado a formação da pedra.

Conforme as pedras crescem e se tornam mais numerosas, a pressão traseira do fígado faz com que ele produza menos bile. Acredita-se que isso também provoque a lentidão do fluxo do fluido linfático.
Imagine o vai acontecer se a mangueira do seu jardim tiver bolinhas de vidro dentro dela.
Muito menos água vai passar, e isso diminuirá a habilidade da mangueira de esguichar as bolinhas pra fora por falta de pressão.
Com as pedras no fígado e na vesícula, muito menos colesterol é colocado pra fora do corpo e seu nível pode aumentar.

As pedras, sendo porosas, podem pegar todas as bactérias, cistos, vírus e parasitas que estiverem passando pelo fígado.
Desse jeito, “ninhos” de infecções são formados, fornecendo continuamente estoques de bactérias e parasitas pro corpo.
Nenhuma infecção do estômago como úlceras ou inchaço intestinal pode ser curado permanentemente sem a remoção dessas pedras do fígado e da vesícula.

Para melhores resultados, ozonize o azeite de oliva desta receita pra matar quaisquer parasitas ou vírus que possam se desprender durante a limpeza.
Como eu não tenho ainda um ozonizador, usei só azeite de oliva comum de primeira prensagem a frio, mas se você não encontrar, pode usar um outro de boa qualidade.

Preparação:
- Você não pode limpar um fígado deixando parasitas vivos nele.
Você não vai conseguir tirar muitas pedras, e você vai se sentir bem mal. Senti-me bem e saíram muitas pedras, como você pode ver na foto, apesar de não matar os parasitas antes.

- Completar a limpeza dos rins antes de limpar o fígado e a vesícula é também altamente recomendado.
Eu fiz a primeira limpeza do fígado e da vesícula sem antes fazer as outras recomendadas aqui. Na próxima vou tomar um parasiticida natural (no Google com certeza tem).

Você certamente quer seus rins, bexiga e o trato urinário funcionando perfeitamente, de modo que eles possam remover eficientemente quaisquer substâncias que sejam acidentalmente absorvidas do intestino enquanto a bile está sendo excretada.

O que você vai precisar:
1 - 60 g de Sal Amargo (sulfato de magnésio) - (4 colheres de sopa) em qualquer farmácia
2 - 125 ml de Azeite de Oliva de preferência que seja de primeira prensagem a frio (se possível, ozonizá-lo por 20 min). Não tenho ozonizador ainda.
3 - 125 ml de Suco de Limão ou Toranja (Grapefruit) espremido na hora.
4 - Canudo de plástico grosso pra ajudar a engolir o azeite com limão. Daqueles de milk shake.
5 - Um vidro com tampa pra chacoalhar misturando bem o óleo e o suco de limão ou um mixer manual (daqueles que você submerge no líquido). Pode ser um daqueles vidros de azeitona.
6 - Um medidor de líquidos pro azeite, pro suco de limão e pro sal amargo.
7 - 760ml de água mineral (pra diluir o sal amargo), são 4 copos de 190 ml cada (um copo americano até a boca).
8 - Black Walnut Tincture - 10 a 20 gotas de qualquer concentração pra matar parasitas vindos do fígado. Não usei isso por não ter. Procurei nas farmácias por “tintura de nozes negras” e tudo que obtive foram alguns “heim?”.

Custo do primeiro tratamento pra mim: (os outros vão ser mais baratos ainda)
125ml de Azeite de Oliva primeira prensagem a frio (R$15,00 500ml         R$   3,75
2 caixas de Sal Amargo Farmax com 30g cada x R$1,50                             R$   3,00
1 copo graduado de plástico pra medir líquidos                                            R$   4,35
760 ml de água mineral (uso galão de 20 L em casa)                                   R$   0,25
TOTAL (os limões eu tenho no quintal)                                                        R$ 11,25

Escolha um dia como sábado (ou a véspera de sua folga no trabalho) pra fazer a limpeza, pra que você seja capaz de descansar no dia seguinte.
Eu não me senti mal no dia seguinte.

Não tome remédios, vitaminas ou pílulas que não sejam estritamente necessárias. Eles podem levar o processo ao fracasso.

Pare os programas de limpeza de parasitas e dos rins um dia antes.
Se você fez, é claro.

Em outras fontes, descobri que é melhor fazer uma alimentação bem leve nos 6 dias antes da limpeza, sem comer alimentos gordurosos, evitar açúcar, refrigerantes, bebidas alcoólicas, café e outras bebidas com cafeína, chocolates, etc.

Faça um “café da manhã” (sem café nem leite) e almoço sem óleos ou gorduras
Com sucos de frutas, frutas, cereais cozidos, pão integral com geleia ou mel (nada de manteiga, margarina ou leite e derivados). Isso vai permitir que a bile seja produzida e promova pressão no fígado. Maior pressão empurra mais pedras pra fora. Eu comi frutas cedo e no almoço comi macarrão integral ao molho de inhame bem temperado, mas sem óleo.

14h00min
Não coma nem beba NADA depois das 14h00min. Se você quebrar esta regra pode ser que não saia nenhuma pedra.
IMPORTANTE: beba água sempre que sentir sede, exceto logo após beber o sal amargo e durante duas horas após a ingestão da mistura de azeite.
Deixe seu sal amargo pronto: (Se preferir. Eu preparei os meus na hora de tomar)
Misture 4 colheres de sopa de sal amargo em 3 copos d’água (760 ml) e coloque numa jarra.
Isso faz 4 porções de ¾ de copo cada. Ponha a jarra na geladeira pra ficar bem gelada (isso é somente pra conveniência e sabor). Eu fiz diferente, pesei 15 g e dissolvi na hora, nas 4 vezes (15 g é uma colher de sopa). Na embalagem que comprei (Farmax), vem 30 g (tem que comprar 2).

18h00min
_ Beba o primeiro copo de sal amargo. Se você não preparou antes, misture uma colher de sopa (15 g) em aproximadamente 190 ml de água mineral.
Você pode adicionar 1/8 de colher de sopa de vitamina C em pó pra melhorar o sabor.
Você também pode beber uns goles de água depois ou enxaguar a boca.
Tire o azeite de oliva (se possível ozonizado) e o limão (ou toranja - grapefruit) da geladeira pra que eles estejam à temperatura ambiente às 22h00min.

20h00min
_Beba o Segundo copo de sal amargo.
Você não come desde as 14h00min, mas você não vai sentir fome. Verdade! Não senti.
_ Ajeite agora as coisas que você costuma fazer pra dormir.
O tempo é essencial pro sucesso dessa limpeza.

21h45min
_ Coloque 125 ml de azeite de oliva de primeira prensagem a frio num vidro que tenha tampa e que possa fechar bem. Se você tiver um mixer de mão, não precisa ser vidro com tampa.
_ Lave os limões ou a toranja (grapefruit) duas vezes em água quente e enxugue-os cada vez.
_ Esprema-os com as mãos dentro da jarra medidora obtendo 125 ml depois de coado (coe ou remova pedaços de polpa com um garfo).
_ Misture com o azeite no vidro com tampa e chacoalhe até obter uma mistura uniforme.
_ Ou use o mixer manual pra misturar bem os dois.
_ Agora, vá ao banheiro uma ou mais vezes, mesmo que isso faça com que você se atrase um pouco pra bebida das 22h00min. Você não vai poder se levantar da cama depois.
Não se atrase mais do que 15 minutos, senão você tira menos pedras.

22h00min
_ Beba em pé o azeite com limão ou toranja que você preparou. Use o canudo, se preferir.
Bebendo com um canudo grosso ajuda a descer mais fácil. Ajuda mesmo.
_ Você pode usar aquela mistura de óleo e vinagre pra salada ou mel comum pra ajudar a descer entre os goles. Eu não precisei de nada disso.
_ Leve tudo isso pra beira da cama se você quiser, mas beba tudo em pé.
_ Beba tudo em 5 minutos ou menos (15 minutos pra pessoas bem idosas ou fracas).

Deite-se imediatamente de barriga para cima.
Você pode falhar em retirar as pedras se você não fizer isso. Isso é sério.
NÃO SE VIRE SOBRE O OMBRO ESQUERDO, UM CÁLCULO BILIAR PODE OBSTRUIR O DUTO DO PÂNCREAS.

Quanto mais rápido que você se deitar, mais pedras você vai colocar pra fora.
Faça suas preparações pra deitar bem antes. Tome banho, ponha a roupa de dormir, etc.
Não limpe a cozinha. Deixe pro dia seguinte ou peça pra alguém limpar.
Tão logo a bebida desça, vá pra sua cama e deite com a barriga pra cima usando dois travesseiros embaixo da sua cabeça. Peça que não falem e não toquem em você.
Tente pensar sobre o que está acontecendo no seu fígado e na sua vesícula. Relaxe.
Tente ficar perfeitamente imóvel por, pelo menos, 20 minutos.
Eu fiquei imóvel por mais de uma hora e meia, pra garantir. Só mexi braços e pernas depois dos 20 minutos com bastante cuidado. Meu tronco ficou imóvel esse tempo todo. Fiquei ouvindo música.
Pode ser que você sinta um trem de pedras passando pelos dutos de bile como se fossem bolinhas de gude. Essa movimentação no fígado durou mais de uma hora, com intervalos.
Não haverá dor porque os dutos de bile estarão dilatados (graças ao sal amargo - sulfato de magnésio). Dor nenhuma mesmo.
Durma, ou pode ser que você fracasse em tirar as pedras. Eu demorei bastante pra dormir, mas saíram muitas pedras mesmo assim.

Na manhã seguinte: Levantei às 09h20min. Quase não dormi, deu insônia.
Assim que acordar, tome o seu terceiro copo de sal amargo que estava na geladeira ou preferencialmente prepare na hora: uma colher de sopa (15g) em 190 ml de água mineral.
Não tome este terceiro copo antes das 6:00 hs da manhã.
Se você tiver com sensação de indigestão ou náusea, espere até que passe antes de beber seu sal amargo. Não tive nada disso.
Assim que levantei, antes de tomar o terceiro copo de sal amargo, tive que ir ao banheiro por causa de um resto de diarreia. Só vi duas pedras verdes boiando e fiquei meio desanimado.
Na minha primeira ida ao banheiro depois do terceiro copo, saiu tudo isso aí que você está vendo na foto, tudo de uma vez, além de mais centenas dessas pequenas.
Fui mais umas três vezes e saíram mais umas poucas pedras, umas cinco de tamanho médio e várias pequenas.
Você pode voltar pra cama se quiser. Eu fui.

Duas horas depois:
Tome seu quarto copo (o último) de sal amargo. Tomei e isso realmente completou a limpeza, saindo mais umas cinco ou seis pedras médias e várias bem pequenas.
Você pode ir pra cama de novo, se quiser. Não fui.

Depois de mais duas horas:
Você pode começar a comer.
Comece com suco de frutas. Tomei.
Depois de meia hora, coma frutas. Tomei suco de duas maçãs com banana picada.

Uma hora mais tarde, você pode comer comida normal, mas que seja leve. Não senti fome e só vou comer um macarrão agora, às 19h00min.
No jantar você deve se sentir recuperado. Tô muito bem mesmo.

Quanto benefício você fez?
Pode esperar uma diarreia de manhã. Eu tive uma fraca, mas só vi uma ou duas pedras pequenas no meio.
Use uma lanterna pra procurar as pedras no vaso. Faça como eu fiz: tire fotos, mas não esqueça de colocar uma moeda pra se ter referência de tamanho.
Procure as verdes porque isso prova que elas são genuínas pedras e não resíduos de alimentos.
Só a bile do fígado é verde ervilha.
Os resíduos de alimentos afundam na água.
As pedras flutuam porque têm colesterol dentro delas.
Faça uma contagem por cima, sejam amarronzadas ou esverdeadas.
Você vai precisar encontrar 2000 pedras antes que o fígado esteja limpo o suficiente pra você se livrar permanentemente de alergias, bursite ou dores nas partes superiores das costas.

A primeira limpeza elimina as pedras por alguns dias, mas conforme as pedras de trás viajam pra frente, elas lhe dão os mesmos sintomas de novo.

Você deve repetir limpezas respeitando um intervalo de duas semanas. (descobri em pesquisas que o ideal é que o intervalo seja de, no mínimo, três semanas entre limpezas).  Pode ser que você precise de até 12 limpezas pra sair tudo.
Depois da limpeza que não sair mais nenhuma pedra, é necessário fazer mais uma, pra garantir.

Nunca faça a limpeza quando você estiver com uma doença aguda. Resfriado, gripe, dengue, etc.

Às vezes, os dutos de bile estão cheios de cristais de colesterol.
Eles aparecem como “poeira” flutuando na água do vaso sanitário.
Eles podem ser amarronzados, alojando milhões de minúsculos cristais brancos.
Limpar essa “poeira” é tão importante quanto eliminar as pedras.

O quanto é segura a limpeza do fígado e da vesícula?
É muito segura. Minha opinião é baseada em mais de 500 casos, incluindo muitas pessoas acima dos setenta e dos oitenta anos de idade.
Nenhuma delas foi ao hospital, nenhuma nem sequer se queixou de dor.
No entanto, o processo pode fazer você se sentir bem doente por um ou dois dias seguintes, apesar de que, em cada um desses casos, foi negligenciado o programa de limpeza de parasitas.
Esse é o motivo destas instruções orientarem você a completar as limpezas de rins e parasitas antes. Eu fui um que negligenciou, mas não senti nada de errado e as pedras saíram aos montes, como você pode ver na foto do vaso sanitário.


PRIMEIRA VEZ, 19/11/2012 (quase lua cheia)
Coloquei junto essa moeda de dez centavos pra você ter uma referência de tamanho.

SEGUNDA VEZ, 12/12/2012 (lua nova)
São bem menores que as da primeira vez, mas ainda são muitas.


TERCEIRA VEZ, 24/01/2013 (quase lua cheia)
São maiores que as da primeira vez, e em maior quantidade. Ou seja, conforme as de baixo vão saindo, vão cedendo lugar pras de cima descerem.

QUARTA VEZ, 22/02/2013 (quase lua cheia)
Parece que tá acabando. Mesmo assim, vou fazer mais duas vezes, no mínimo.


QUINTA VEZ, 03/06/2013 (entre lua cheia e nova)
Na verdade saiu o dobro do que tá aí. Fiquei com preguiça de pescar as outras no vaso. Vou fazer a sexta vez na lua cheia. Veja a foto.


SEXTA VEZ, 12/08/2013 (entre lua nova e cheia)

Por causa desse resultado na sexta vez, resolvi continuar fazendo até que não saia mais nenhuma.


SÉTIMA VEZ, 16/09/2013 (QUASE LUA CHEIA)
Como o resultado foi quase idêntico ao da sexta limpeza, não tirei foto.

OITAVA VEZ, 22/10/2013 (LOGO APÓS A CHEIA)
Ia fazer essa limpeza dia 05/10, mas como tive uma crise por ter uma pedra enroscada, decidi antecipar e deu certo. A dor sumiu. Como vê, saíram poucas pedras.
O motivo dessa crise, tenho certeza, foi a quantidade de coisa gordurosa que comi ultimamente. Agora aprendi, tenho que maneirar.


NONA VEZ, 17/02/2014 (LUA CHEIA)
Demorei 4 meses pra fazer esta limpeza, o que é errado. O ideal é fazer uma vez por mês quantas vezes forem necessárias pra tirar TODAS. Como você pode ver, o meu caso tava muito grave, meu fígado tava funcionando na capacidade mínima, quase parando. Isso gerou alergias, dores nas costas, falta de energia, dores nas juntas, etc. Tenho melhorado dia a dia e muita coisa já desapareceu.
NOTE A MOEDA COMO REFERÊNCIA DE TAMANHO.
ESSA MOEDA TEM 1,5cm

DÉCIMA VEZ, 29/03/2014 (LUA NOVA)

Desta vez fiz uma mudança na alimentação nos seis dias que antecederam a limpeza: SÓ TOMEI SUCO DE UVA INTEGRAL (sem conservantes e sem açúcar)! NÃO COMI NADA!
Misturei ao suco de uva meia colher de spirulina, alternando com um grama de chlorela pra me suprir com proteínas e vitaminas, além da B12 (as duas são algas, cianobactérias). Não tive fome em nenhum momento, essa mistura é boa.
Emagreci 4 quilos em 7 dias, é mole? Mas valeu a pena, foi uma limpeza e tanto.
Além das pedras da foto, saíram centenas, muitas centenas de pedras como essa que tá no quadrado vermelho.



MEUS PARABÉNS!
Você tirou suas pedras sem cirurgia! Tirei, e muitas!
Eu gosto de pensar que eu aperfeiçoei esta receita, mas certamente não posso ganhar o crédito por sua origem.
Ela foi inventada a centenas, se não milhares de anos atrás.
OBRIGADA ERBALISTAS!
Dra. Hulda Clark

Trecho do livro “A cura para todos os cânceres avançados” (“The cure for all advanced cancers”)
da Dra. Hulda Clark - 1999
Traduzido por José Cassago - jcassago@yahoo.com
Página 562


Anexo 1 (autor desconhecido)

Quando as pedras são muito grandes deve-se começar por fazer um tratamento com chás.
Há várias plantas usadas em chás para os problemas de vesícula. Aqui ficam os nomes de algumas:
-- Folha de abacateiro (vesícula preguiçosa e pedra)
-- Boldo (ou Boldo do Chile) tratamento da vesícula em geral
-- Bardana (idem)
-- Chá de Lúcia Lima (ou Verbena), Lippia Citriodora, (idem)
-- Chá de agulhas de pinheiro (desfaz as pedras)
-- Chá de Camomila (quebra as pedras)
Nota:
Quem tem problemas de vesícula deve evitar:
- o café
- as frutas secas
- as frutas com caroço, tais como pêssegos, mangas, abacates, etc.
- as frituras
- as gorduras - em geral todo o tipo de refeição considerada "pesada".
E aí? Vai deixar que cortem fora a sua vesícula?


Você conhece alguma pessoa que tem câncer?
Passe pra ela este link: http://www.cancertutor.com/Cancer/GrapeCure.html
Tá tudo em inglês mas dá pra usar fácil o TRADUTOR DO GOOGLE.

NOVO (25/11/2012): como limpar naturalmente seus rins, no meu blog:
NOVO (01/12/2012): como eliminar parasitas (lombrigas, vermes, etc.):
NOVO (03/12/2012): como manter seu fígado funcionando bem com chás:

273 comentários:

1 – 200 de 273   Recentes›   Mais recentes»
Unknown disse...

Oi Zé aqui é o Fernando e nos falamos hoje sobre esse assunto. Então resolvi ler seu blog, não tudo ainda. Mas, pensei, será que a tal tintura de "black walnut" não seria o Licor de Cacau que havia nas farmácias antigamente. Bom fica aí para pesquisarmos. Um abraço.

Zé Cassago disse...

Fernando, black walnut é Nóz Negra, nome científico Juglans nigra.
Nos EUA a gente encontra essa tintura em qualquer loja de produtos naturais.
Me parece que essa nogueira só tem no hemisfério norte.
Abraço

CRISS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CRISS disse...

OLÁ ZÉ ! ATRAVÉS DE EXAMES, FOI CONSTATADO AS PEDRAS NA VESÍCULA. LOGO QUE SAÍ DA SALA DO EXAME, COMECEI SENTIR DORES. MAS ERAM DORES, SUAVES. ENTÃO RESOLVI FAZER A LIMPEZA DA SÔNIA HIRSCH. MAS ANTES EU FIZ A LIMPEZA DE PARASITAS. SEGUI A RISCA, SÓ QUE EXPELI SÓ UMA PEDRA. ACHEI QUE FOI DEVIDO A TER INTESTINO PRESO. DEPOIS DISSO, COMECEI A SENTIR QUE AS DORES AUMENTARAM. SEI SE FOR AO MÉDICO VOU TER QUE FAZER A CIRURGIA. ESTOU COM MEDO, AS DORES SÃO CONTÍNUAS, COMO CONTRAÇÕES. TOMO BUSCOPAN COMPOSTO, SUAVIZA, MAS NÃO PARA. SERÁ QUE POSSO, FAZER ESTA LIMPEZA QUE VOCÊ FEZ, COM DORES? POR GENTILEZA, VOCÊ PODERIA ME AUXILIAR. NO AGUARDO, DESDE JÁ AGRADEÇO.

Edson Malici disse...

OLÁ, ZÉ.
SERÁ QUE ESSAS PEDRAS VERDES NÃO É O AZEITE (125 ML) EMPELOTADO QUE TOMAMOS DURANTE A LIMPEZA?

Zé Cassago disse...

Não. Algumas pedras são esverdeadas por causa da bile.

Zé Cassago disse...

A dra. Clark não recomenda que se faça a limpeza durante doenças agudas. Não tem problema durante doenças crônicas. Nesse seu tratamento que saiu só uma pedra, algo saiu errado. Nos tratamentos que eu fiz, saíram muitas, centenas. Veja as fotos. Boa sorte.

CRISS disse...

Muito Obrigado Zé!

edisseia politano disse...

EU E VARIAS PESSOAS DA MINHA FAmilia e amigos fizeram essa dieta da maçã
e surpreendente nunca imaginei coisa igual , depois disto não tenho mais azias alem da pele que fica muito boa muda muito. todas as pessoas tiveram resultados incriveis sem dor sem gastos e sem cortes.

sdf disse...

como eh esse suco de maçã ? dificil achar aqui... só de soja, posso usar maça normal ?

Megafone disse...

Boa noite, Zé. Descobri que estou com pedras na vesícula. Achei muito interessante a receita, más fiquei na dúvida sobre a limpeza do cólon. Pois essa hidroterapia de cólon, na cidade que moro não tem. É realmente necessário essa limpeza de cólon? Tem algum método mais simples e eficaz? É fácil encontrar para vender esse Enema de café e Enema de água? Aguardo resposta, obrigada. E-mail: luciana_27_alves@yahoo.com.br

Zé Cassago disse...

Opa, desculpe a demora em responder. Eu tava viajando.
O suco de maçã você mesmo pode fazer: 50% água mineral ou filtrada, 50% maçã. Bata no liquidificador. Varie as medidas a seu gosto. O que interessa no suco de maçã é o ácido málico. Ele faz as pedras do fígado e da vesícula ficarem mais macias e mais fáceis de sair no dia da limpeza.

Zé Cassago disse...

Parabéns. Eu conheci essa sensação de bem-estar.

Tats disse...

Zé vc era rico e não sabia, pois tinha um saco cheio de esmeraldas. E aí já vendeu todas as pedras?

Juh_ disse...

Ola, tenho anemia sera que tem problema fazer a limpeza? Fiz uma bariatrica a 6 anos mas n retirei a visicula e tenho o intestino bem solto

Zé Cassago disse...

Eheh... e pelo jeito ainda tem muito garimpo pela frente.

Zé Cassago disse...

Juh, de acordo com o livro da Dra. Hulda Clark, não há problemas em fazer a limpeza quando se tem doenças CRÔNICAS. O que não pode é quando se tem doenças AGUDAS. Essa anemia é crônica? Aconselho uma reflexão a respeito e uma boa pesquisa.

Zé Cassago disse...

Enviei e-mail.

Juh_ disse...

é uma anemia de ferro, e está relacionada com doenças cronicas mas nada que suplementos e melhora na alimentaçao n resolvam. O Suco de maça pode ser de caixinha ou de soja?

Tats disse...

Então Zè, eu também quero garimpar na minha vesícula mas tenho receio de alguma pedra no momento de ser expelida ficar presa no meio do caminho no ducto cístico, colédoco antes de chegar no intestino e aí provocar uma crise de dor e complicações muito sérias. Isto é passível de acontecer (principalmente com pedras grandes)???

Zé Cassago disse...

Tats, esse é um dos papéis do sal amargo, dilatar os dutos pra não entalar nenhuma pedra e não doer na passagem delas. Você viu a foto da minha terceira limpeza? Havia duas pedras de TRÊS centímetros. É mole?

Zé Cassago disse...

Pode ser qualquer suco de maçã, com preferência pros de melhor qualidade. Eu comprei as maçãs e fiz na hora de tomar. O que interessa no suco é o ácido málico, ele é que amacia as pedras. Boa sorte.

Zé Cassago disse...

Mais uma: a quantidade de bile que o fígado produz por causa da quantidade de azeite ingerida, é enorme, jamais experimentada pelo seu fígado antes disso. A pressão criada nos dutos empurrando as pedras é proporcional a isso, é muita pressão. É como você encher uma mangueira de jardim de bolinhas de gude e abrir a torneira.

Zé Cassago disse...

Quando o fígado e a vesícula estiverem limpos, há grande chance desse problema crônico desaparecer.

Tats disse...

Ok Ze, grato mai uma vez por sua resposta. Eu tambem tenho esteatose hepatica (figado gordo) Vc sabe como tirar agordura do figado?

Zé Cassago disse...

Ish Tats, é gordura fora ou dentro do fígado no seu caso? Na segunda vez que fiz a limpeza, saiu uma espécie de espuma antes das pedras, um monte. Aí eu me perguntei: "Será algum tipo de gordura que tava dentro do fígado?".

Tats disse...

É gordura dentro do fígado (esteatose hepatica)Penso que esse tratamento para tirar as pedras da vesícula deve ajudar o fígado a se livrar também das gorduras. Vc sabe se uma radiografia do fíagado/vesicula, antes de começar o tratamento detectaria se eu tenho pedras na vesícula? E tendo pedras muito grandes não seria temerário elas ficarem entaladas no duto biliar e assim provocar uma crise pancreática?

Zé Cassago disse...

Tats, li que a radiografia não pode revelar a grande maioria das pedras porque elas não contém cálcio na sua massa. Elas são basicamente bile coagulada e colesterol (elas flutuam na água do vaso). A questão de entalar nos dutos e pâncreas é resolvida pelo sal amargo e posição de deitar. Leia de novo a esse respeito no meu blog que tá bem claro lá. Boa sorte.

Tats disse...

Grato Zé mais uma vez por sua atenção. Vou 1º fazer uma US do fígado/vesícula para ver como está e depois vou decidir fazer essa limpeza. Boa sorte pra vc também!

Zé Cassago disse...

Boa decisão Tats. Eu também fiz uma ultrassonografia da vesícula e, na época, foi fácil visualizar uma pedra grande na vesícula, mas não deu pra ver as do fígado.

Ss S disse...

Boa noite a todos sou o Simão e vivo em Lisboa, e vim aqui contar um pouco da minha experiência ao fazer este método de limpeza.
Há um mês atrás comecei com muitas dores na parte superior direita do meu abdómen, a dor era tão forte que por vezes alastrava para as costas, fui ao medico e mandaram-me fazer uma ecografia, na ecografia foi detectado um calculo biliar de 20mm, disseram logo que tinha de ser operado para retirar a vesícula.
Mas não fiquei convencido, afinal só tenho 28anos e já vou ficar sem vesícula, procurei por métodos alternativos e encontrei este blog, li o método, contactei o Zé para lhe questionar algumas duvidas que tinha e ele sempre me respondeu e sempre foi muito atencioso comigo o que desde já agradeço.
Bem lá comprei todos os ingredientes necessários e comecei a fazer, comprei o sumo de maçã foi da marca B, comprei o sulfato de magnésio e o azeite pressão a frio.
E fiz tudo como está descrito aqui no blog, e 27horas depois de beber o azeite com o limão saiu a pedra que tinha aparecido na ecografia, com 20mm por 15mm. Por isso nao desanimem se não sair nada logo nas primeiras horas, comigo demorou e passadas 37horas depois de beber o azeite ainda estavam a sair pedras uma delas com cerca de 10mm, no total saíram por volta de 50 pedras.
Aconselho todos a fazerem este método, não tenham medo, se tiverem medo que a pedra vá para o pâncreas façam como eu, após beber o azeite deitem-se para o lado direito e estejam imóveis durante uma hora e nessa noite alternem entre o lado direito e de barriga para cima e nunca para o lado esquerdo...
Espero ter ajudado alguém que ainda pudesse ter algumas duvidas sobre o método.
Abraço

Zé Cassago disse...

Opa, disponha sempre Simão e agradeço o seu comentário.
Abraço

Vanessa Alves disse...

Eu tenho só tres pedras na vesicula ,compensa fazer esse tratamento???

Zé Cassago disse...

Vanessa, em outro trecho do livro da Dra. Hulda Clark, ela explica que a maioria das pedras tá no fígado e que poucos médicos sabem disso. A sua grande maioria não aparece em raio-x ou ultrassonografia porque não contém CÁLCIO. Pra mais esclarecimentos, aconselho o livro e vídeos no youtube do Andreas Moritz, que também traduziu esse da Dra. Clark. Comprei o meu pela internet nas Americanas "Limpeza do fígado e da vesícula". Boa sorte.

Rafael Rech disse...

Me chamo Rafael,e ouvi o que todos ouvem dos médicos "pedra na vesícula,tem que operar",quando pesquisando na internet,vi o blog do Zé,li,falei com ele,me deu dicas,FIZ TUDO COMO ELE FALOU,SEGUI Á RISCA TODO PROCEDIMENTO. No outro dia lá pelas 07:30,começaram as pedras sairem,centenas de pequenas,de 0,5 cm até 2,5 cm de diametro,que consegui conta,mais de 70,uma pedreira!Vou fazer a segunda agora.Façam,funciona,e melhor,sem dor e sem operar!

Zé Cassago disse...

Aí Rafael, parabéns! E obrigado pelo depoimento.

Dândrea Aila Zanchi Scherer disse...

Bom dia Zé. Primeiramente muito obrigada por dividir sua experiência conosco, muito obrigada mesmo!
Gostaria de saber se você acha interessante acrescentar junto com o suco de maça natural o ácido málico em pó e também a fibra de maça em pó?
Att. Dândrea Zanchi

Zé Cassago disse...

Opa, disponha Dândrea.
Sinceramente eu não sei qual seria o efeito dessa mistura.

Everaldo Sobrinho Medeiros disse...

Boa tarde Zé,
Considero interessante, sua boa intenção, em tentar ajudar, porém, a medicina não considera isto, como tratamento. Então eu pergunto, você tem certeza, que não foi induzido a considerar estas pedras que saíram, como pedras da vesícula? Pergunto pois meu irmão já está na sexta limpeza, e ele faz exatamente o que você recomenda, porém, não acredito que as pedras expelidas sejam o que vocês consideram. Realmente preocupo-me com meu irmão, pois ele não tem noção alguma de realidade, e ele acredita cegamente neste seu método. Volto a afirmar que não estou criticando vossa pessoa, estou somente, vendo por um ângulo real, ou seja, confio na medicina tradicional, e não em métodos alternativos. Espero que você tenha sorte e sucesso, e não acabe descobrindo mais tarde, que tudo isto era pura "fantasia", e acabou desestruturando seu próprio organismo.

Zé Cassago disse...

Everaldo Sobrinho Medeiros, obrigado pelo seu comentário.
Muitos médicos alopatas seguem esse mesmo método, o mais conhecido é o Dr. Andreas Moritz (alemão), o que descarta de ser enquadrado como medicina alternativa.
Ele escreveu um livro chamado "Limpeza do fígado e da vesícula" que foi traduzido para o português e pode ser encontrado facilmente até pela internet.
No meu caso foi fácil ter certeza que as pedras eram da vesícula e/ou do fígado porque elas foram detectadas antes numa ultrassonografia.
Essas pedras das fotos causavam crises, dores que não desejo ao meu pior inimigo.
Essas crises começaram a ser tornar comuns em novembro e dezembro do ano passado, cada vez piores.
Por isso resolvi adotar esse protocolo da Dra. Clark, depois de muita pesquisa.
Desde então, não tive mais nenhuma, até dia 30/09, nesta semana.
Andei comendo muita gordura, sorvete, laticínios e um monte de porcaria que não devia por causa desse protocolo desde a sétima limpeza e, com certeza, isso fez pelo menos uma das pedras da foto descer e enroscar num dos dutos de ligação causando a crise.
Minha oitava limpeza iria ser hoje, 5/10/2013, mas por causa das dores muito fortes, resolvi antecipar.
A nona será daqui a 3 semanas.
Desta vez foi sem a preparação de alimentação leve uma semana antes e sem o suco de maçã (1 litro por dia).
Graças a Deus deu certo mesmo assim e fiquei livre das dores. Tô no céu.
Mas sei que ainda tenho algumas pedras e vou continuar fazendo até que saiam todas.
Importante salientar que não recomendei o tratamento a ninguém, só traduzi o capítulo do livro da Dra. Clark, fiz algumas observações sobre a minha experiência e disponibilizei a todos neste blog.
A decisão de fazer ou não, é de cada um, e sempre recomendo que pesquisem muito antes.

Everaldo Sobrinho Medeiros disse...

Ok Zé,
Boa sorte e sucesso!

Zé Cassago disse...

Obrigado Everaldo.

Tats disse...

Olá Zé,
Como havia dito, fiz uma US do fígado/vesícula e não foi constatado nenhum cálculo, apesar de que vinha sentido na região do fígado eventuais dores e a sensação de que o mesmo estava inchado. O que foi constatado é que eu estava com o fígado gordo (Esteatose hepática). Mas, mesmo assim fiz a limpeza do fígado/vesícula como manda o manual. Na 1ª, pouca coisa saiu e depois de um mês fiz a 2ª que também praticamente quase nada expeliu. Penso, que apesar disso, tive uma grande limpeza dos intestinos, haja vista que nas 2 vezes evacuei até as "tripas", consequència do sal amargo. Enfim, gostaria de saber se devo fazer uma terceira tentativa para ver se desta vez as minhas "esmeraldas" saem ou tá de bom tamanho, pois realmente não tenho pedras para garimpar?

Tats

ENFOQUE SAÚDE EMOCIONAL disse...

É com muita alegria que volto a esse blog para deixar um comentário, agora, sem pedras e sem dores. Minha primeira crise foi em maio deste ano (2013). A ultra detectou pedras na vesícula e logo depois recebi a sentença : Tem que fazer cirurgia.
Resisti a essa declaração o mais que pude. Evitei gordura de todas as formas, mas de 3 semanas pra cá, sentia dores todos os dias por volta das 14 h. em diante. Já não conseguia viver direito com aquelas dores, então entrei na internet e consegui achar esse blog. Fiquei com um pouco de medo, mas tudo que li e os relatos de outras pessoas que também fizeram, me animaram. Realizei todo o procedimento na sexta-feira passada ( 06/12 ). No sábado, me livrei das dores e das pedras. A sensação de suavidade é automática. O bem estar voltou. Não senti mais dores e estou muito feliz por isso.
Não podia deixar de aparecer por aqui para deixar esse comentário. Agradeço a Deus por ser a inteligência máxima do universo e ter criado a medicina natural. Agradeço aos que estudaram e acreditaram nessa medicina. Agradeço aos que divulgaram. Zé Cassago, muito obrigada por ter criado esse blog e por todo o tempo que gastou aqui. Muito obrigada mesmo. Agora, minha parte é divulgar também. Fiz um vídeo que postei no youtube https://www.youtube.com/watch?v=-K0FILiH63U

Desejo a mesma felicidade a todos que aqui entrarem.
Gisele Szymczak

Maria Bernadete Guarino Freire disse...

Olá, Zé!! Sou Bernadete fiz uma US e deu lama biliar, é o que antecede os cálculos biliares , estou enjoando muito, meu intestino está todo desregulado, minha barriga vive com gazes e sempre me sinto empachada, será que posso fazer? Na sua receita tem esse azeite extra virgem prensado a frio, vc teria algum para indicar? Encontro em qualquer supermercado? Abraço

Zé Cassago disse...

Boa tarde Tats.
Desculpe a demora em responder, só vi seu comentário agora.
Se vc seguiu à risca todos as instruções, parece que vc tem bem poucas pedras.
Porém, o que tem acontecido é que, se a pessoa muda uma coisa aqui outra ali, as pedras não saem.
Um dos motivos é ingerir proteína pesada no dia da limpeza ou ingerir qualquer coisa que não é recomendado no protocolo.
Uma amiga aqui da cidade tomou café fraco na véspera e mudou o horário do sal amargo no dia. O resultado foi que não saiu nada, apesar dela saber que tem um monte.
A Dra. Clark recomenda que se faça mais uma limpeza depois da ÚLTIMA QUE NÃO SAIU NADA.
Boa sorte e SAÚDE.

Zé Cassago disse...

Parabéns Gisele! Agradeço muito seu depoimento que, com certeza, vai incentivar outras pessoas.
Vi também o seu vídeo e digo que tá muito bom mesmo, bem esclarecedor.
Tudo de bom pra você e muita SAÚDE, porque o resto é fácil.

Zé Cassago disse...

Oi Bernadete.
Segundo a Dra. Clark e o Andreas Moritz, só não pode fazer quem tiver alguma doença AGUDA (resfriado, gripe, dengue, etc.).
Muitos dos cálculos não aparecem na US porque não contém cálcio, são formados por colesterol e bile coagulada, além de outras tralhas.
Se vc fizer a limpeza, provavelmente vai ter uma surpresa.
Um azeite realmente prensado a frio de qualidade não se acha em qualquer supermercado, infelizmente.
Não basta estar escrito VIRGEM ou EXTRA VIRGEM. Tem que estar escrito PRENSADO A FRIO.
Dê preferência aos que têm garrafa personalizada, com o nome em relevo.
Comprei o meu último no Extra em Brasília.
A marca é Alghero, italiano, e traz o nome gravado em relevo no próprio vidro. Custou só R$15,00, 500ml.
Boa sorte e SAÚDE.

Zé Cassago disse...

Ainda sobre o azeite, aqui vai uma boa dica da PROTESTE que analisou várias marcas: http://www.proteste.org.br/alimentacao/nc/noticia/azeites-a-escolha-certa e clique em "TABELA RESULTADOS" nos "RECURSOS".
Importante dizer que nas minhas primeiras limpezas usei o "Borges" que, na época, tinha escrito "prensado a frio". Funcionou assim mesmo.

Zé Cassago disse...

Leia também a descrição detalhada das fraudes: http://www.proteste.org.br/alimentacao/nc/noticia/azeites-extravirgens-so-no-rotulo

ENFOQUE SAÚDE EMOCIONAL disse...

Queridos, fiz a minha limpeza com o Azeite Galo e deu tudo certo. Tentei encontrar esse prensado aí, mas não encontrei !!!!

Di Yoshioka disse...

NESSE SITE VCS ENCONTRARAO O Black Walnut Tincture http://www.ebay.com/sch/i.html?_trksid=p2047675.m570.l1313.TR2.TRC1.A0&_nkw=Black+Walnut+Tincture+&_sacat=0&_from=R40

abigail disse...

O que fazer quando a pedra sai da vesicula e fica no canal? Quais os riscos?

Zé Cassago disse...

Quando acontece isso é uma dor semelhante àquela de uma crise de rins. Já passei pelas duas e não desejo a ninguém.
Isso NÃO acontece durante essa limpeza graças ao sal amargo que dilata os dutos e à pressão da grande quantidade de bile produzida por causa da ingestão de tanto azeite de uma só vez.
Segundo Andreas Moritz em seu livro, um paciente dele expeliu uma pedra de 6,5 cm na nona limpeza sem dor.
Isso mostra que o duto vira um verdadeiro elástico.
Ainda bem.
O sal amargo também é responsável pela limpeza dos intestinos ANTES e DEPOIS do procedimento.

Zé Cassago disse...

Agradeço Di Yoshioka.

Zé Cassago disse...

Aí pessoal, a Gisele usou o azeite Gallo mesmo e deu tudo certo. Portanto, se não encontrar um prensado a frio...

Gilberto Cavedon disse...

Olá Zé. Muito obrigado pela tua postagem.
Me permita fazer uma pequena correção: na parte dos produtos necessários, no item 9 você indica 750ml de água. Entretanto, na parte da execução você postou que a diluição deveria ser de 15g de sal amargo em 125ml de água (você frisou que a medida deveria ser precisa) Isto significa que serão necessários 500ml de água e não 750 ml. De uma verificada e se achar necessário, corrija. Abraço e mais uma vez, muito obrigado.

Zé Cassago disse...

Agradeço muito sua observação.
O que tava errado eram os da execução. Tava 125 ml em vez de 190 ml
Já fiz as correções, são, na verdade, 760 ml (arredondando), em 4 doses de 190 ml cada (um copo americano ATÉ A BOCA).

any disse...

Olá, zé, fiz a retirada da minha virsicula há 03 anos, e agora. fiz uma ultrassom que mostrou q tenho calcificações no figado e um cisto de 1,3cm, será que posso fazer a limpeza no figado?

Zé Cassago disse...

Esta é a frase da Dra. Clark que abre o blog: "Não faça a limpeza do fígado e da vesícula enquanto estiver sofrendo de alguma doença aguda (gripe, dengue, febre, etc.), mesmo que seja um simples resfriado.
Porém, se você sofrer de alguma doença crônica, submeter-se a uma limpeza hepática é a melhor coisa que você pode fazer para si mesmo."
Assim, eu acredito que você pode fazer, mas seria bom você consultar um terapeuta ou um médico de mente aberta.

Maria Bernadete Guarino Freire disse...

Obrigada Zé pelas dicas, quando fizer a limpeza vou comentar por aqui.

Marta disse...

Tenho esteatose em grau III, acho que será ótimo fazer, mas tenho hipertensão, tomo medicação e é bem controlada, a pergunta é por conta do sal. Acha que posso fazer?

Zé Cassago disse...

Oi Marta.
Esta é a frase da Dra. Clark que abre o blog: "Não faça a limpeza do fígado e da vesícula enquanto estiver sofrendo de alguma doença aguda (gripe, dengue, febre, etc.), mesmo que seja um simples resfriado.
Porém, se você sofrer de alguma doença crônica, submeter-se a uma limpeza hepática é a melhor coisa que você pode fazer para si mesmo."
Saúde.

Caroline Olivia disse...

Caro Zé Cassago, hoje na minha ultrassonografia foram detectadas várias pedras na minha vesícula e o médico indicou a cirurgia. Eu vou definitivamente utilizar o método que vc coloca neste blog, mas restou uma dúvida. Depois de tomar a mistura com o azeite não podemos nos deitar para o lado esquerdo durante 20 minutos ou pela noite toda? Por que eu me movimento muito a noite e tenho o costume de dormir em todas as posições, inclusive de bruços. Grata

Zé Cassago disse...

Isso mesmo Caroline, a Dra. Clark recomenda um mínimo de 20 minutos na posição de barriga pra cima sem mexer o tronco, mas pode mexer os membros.
Boa sorte e saúde.

Caroline Olivia disse...

Entao Ze! Descobri que nao sao varias, mas apenas uma pedra grande na vesicula e apesar de ter consultado um medico holistico e aprovar o uso do metodo de limpeza ele disse que a pedra e grande e existe o risco de ficar presa nos canais na hora de expelir. ele sugeriu fazer a limpeza com acompanhamento medico mas eu nao tenho condicao financeira de bancar o medico que ele indicou q faria isso. por isso resolvi adiar a limpeza 3 semanas para preparar melhor a vesicula e tentar diminuir ou quebrar essa pedra com as dicas q vc deu. mas eu estou com dificuldade de achar o sal amargo p comprar. na famacia q eu fui eles nem conheciam p esse nome. moro em brasilia, vc tem alguma dica? Na farmacia de manipulacao eles tambem nao conheciam as chinese bitters. agradeço se puder me passar alguma dica ou orientaçao. grata

Caroline Olivia disse...

Oi Zé! Olha eu de novo aqui! Achei o sal amargo, estava procurando me farmácia de manipulação, mas farmácia normal tem. Tem alguma especificação do tipo de sal amargo para consumo oral ou qualquer um serve? Eu só achei a tintura de quebra pedra e não o extrato, é a mesma coisa? Chinese bitters ainda não achei...Vc sabe me dizer se esse tratamento é indicado para gestantes? Grata

Zé Cassago disse...

Caroline, o sal amargo é o comum mesmo, vem escrito também SULFATO DE MAGNÉSIO na caixinha de 30 g. Tem em qualquer farmácia comum.
Sobre essa tintura não tenho nenhuma informação e nem se o tratamento pode ou não pra gestantes.
Um médico que pode ajudar, e muito, é o Dr. Lair Ribeiro, mas eu não tenho os dados. Se vc fuçar bem na net vai acabar encontrando o e-mail ou telefone dele, ou quiçá, até o endereço do consultório.
O cara é gênio. Cardiologista, nutrólogo e psiquiatra, tende a usar métodos naturais com seus pacientes.
O suco de maçã do protocolo vai, com certeza, fazer essa pedra ficar bem macia.
Saúde e boa sorte.

Luciano Pessanha disse...

Fiz o procedimento ontem e hoje de manhã já fui ao banheiro 3 vezes até agora Na primeira vez saíram 15 pedras grandes (1cm e 2 cm) e dezenas de pequenas, na segunda vez (uns 30 minutos depois) saíram 4 grandes e na terceira 1 grande com varias pequenas. Estou me sentindo muto melhor. Vou continuar o procedimento até que todas sumam. Obrigado por compartilhar essa informação.

Zé Cassago disse...

Ô Luciano, bom depoimento. Parabéns!!!!!! Recolheu os cálculos e fotografou com uma moeda ao lado? Se não, vê se lembra na próxima, pra incentivar o povo. Valeu.

Ademir disse...

Olá Zé, fiz o tratamento como descrito e devo ter expelido umas 500 pedras da vesícula e fígado, estou muito feliz. Muito obrigado por ter criado este blog, já estava sem esperanças. Vlw mesmo!!!

Luciano Pessanha disse...

Recolhi, mas joguei fora Na próxima fotografo!

Zé Cassago disse...

Legal. Agradeço.

Zé Cassago disse...

Esse alívio que a gente sente depois da limpeza NÃO TEM PREÇO.
Parabéns Ademir.
Grato pelo depoimento.

Unknown disse...

o figado não pode ter pedras, pois é um orgão sólido. Mesmo que, por absurdo, se formassem pedras no sei interior, elas não saíriam pois estariam incrustrdas em algo sólido, e não poderiam movimentar-se.

Zé Cassago disse...

Pedra é um termo popular, na verdade são cálculos biliares. Muitos médicos os chamam de "gordura no fígado". Eles têm a textura de queijo parmesão.
Veja o vídeo do Dr. Lair Ribeiro logo no início deste blog.
No próximo comentário seu, peço que você se identifique.

YuriBSB disse...

PELO AMOR DE DEUS, ONDE EU CONSIGO O SUCO DE LISIMAQUINA???????????????????

YuriBSB disse...

So p ajudar: NÂO È NECESSARIO FAZER A HIDROCOLONTERAPIA. PE melhor comprar 1 frasco de oxy powder, se acha por 190 reais no puravida.com ou algo assim... Esse frasco vai durar muitas limpezas de colon.. LEMBRE DE QRESERVAR 6 capsulas para cada limpeza de figado que ira realizar - as maioria das pessoas realiza uma media de 6 limpezas!!! BOa sorte..Vi uma blogueira vendendo o enema de agua por 50 reais certa vez. MAs pesquise assim: COLEMA BOARD, essa marca,ainda em voga, remota os enemas antigos e é pefeita, mas nada se compara ao oxy powder ou ao colosan, que realiza a mesma ação e é metade do preço! Eles limpam partes que os outros nem alcançam,sao mais eficazes e não trazem incomodo algum.... Sem contraindicação tb!!! yuricastello@hotmail.com Sou terapeuta crudivoro, ensino culinaria viva e oriento desintoxicação. Vale muito a pena as limpezas de figado... a melhor coisa que se pode fazer para se desintoxicar!

YuriBSB disse...

Aproveito para lhe perguntar: sabe sobre contraindicação dessa limpeza para pessoas que,alem de vesicula inflamada estao com calculo renal. Estou com um senhor de 70 anos que ta com cancer na prostata, mas o que me preocupa, alem da vesicula - e por isso busco o oleo de lisimaquina -, é que ele tem uma pedra no Rim enorme, que esta quse bloqueando a passagem da urina,segundo seu filho que afirmou o relato do medico. è complicado porque li no livro do Andreas Mortiz que pode tomar os chas que ele passa para o calculo renal porem uma medica, no site VP, um site pago, disse: é preigoso utilizar o cha de quebra pedra para pedras muito grandes que isso pode desloca-las para o canal e realmente impedir o fluxo de urina e ai realmente sera necessario a remoção cirugica. To ate acreditando que tenho de deixa-lo primeiro operar-se da vesicula e depois do rim para trata-lo do figado! QUE vc ou voces acham? Agradeço a contribuição! Obrigado pelo relato do Lair Ribeiro, é muito significtivo para que muitos acreditem! Mutio bom

YuriBSB disse...

alem do que a quantidade de azeite não corresponde em proporção a quantidade de pedras e nem costumam gerar todo este fedor se simplesmente ingerido fora do protocolo e em condições adversas... E inegavel que o que sai é realmente um deposito de gorduras e toxinas e ate mesmo parasitas!!!
No livro ''limpeza de figado e visicula'', que ha pouco estava a venda nas americans, andreas mortiz relata todos os porques e responde plenamente a todas as constetestações, de leiogos ou de medicos, bem como questionamntos mais comuns, em um capitulo especifico!

Vanessa Rubim disse...

Estou com cálculos na vesícula e tenho uma pergunta. Qual o tamanho considerado grande para as pedras precisarem ser quebradas por chás?

Zé Cassago disse...

Vish Vanessa, não conheço chás que quebram pedras da vesícula.
Não quero dizer que não existam, só que não conheço.
Os cálculos biliares têm textura de queijo e, a maioria das minhas QUE TIREI HOJE (nona limpeza), tinha textura de ervilha cozida. De uma olhada na foto.

Zé Cassago disse...

Vanessa Rubim, encontrei uma matéria sobre alguns chás e coloquei no final do blog como "anexo 1".

YuriBSB disse...

So pra acrescentar: O SENHOR de 70 anos JA esta URINANDO normamalmente, apos o uso dos chás indicado no livro ''limpesza de figado e vesicula'' de andreas mortiz!

Para vesicula,vamos utilizar quebra pedra, cabelo de minho, linhaça ,lismaquia e cranberry!

Zé Cassago disse...

Pô, bom saber disso.
Eu não tinha visto esses seus comentários aí YuriBSB porque você os encaixou após abril de 2013 ao invés de postar no final.
Pesquisei mas não encontrei onde se pode comprar ou como usar a LISIMÁQUIA.
Agradeço se fizer um comentário passando os resultados desse tratamento com os chás.

Unknown disse...

Olá, fiz a limpeza seguindo a risca, menos a limpeza de cólon. Enfim, quando tomei o chá amargo antes de tomar a mistura de azeite já saíram pedras brancas. Já do quarto copo evacuei várias pedras que dariam pra encher a palma da mão. Continuei evacuando pedras até a noite quanto o efeito do sal amargo passou e agora sinto uma pequena dor 2 dedos abaixo do umbigo quando toco, teria o risco de alguma pedra ir pro apêndice? Deveria tomar mais doses do sal amargo até parar de sair pedras? Obrigado pela atenção.

Zé Cassago disse...

Por favor, identifique-se pra eu ter certeza que não é um trote.
Chá amargo?
Você tomou os 4 copos de sal amargo antes do azeite, no mesmo dia?
Pedras brancas?
Ir pro apêndice?

Unknown disse...

Meu nome é Carlos é que n consegui fazer o login. Pois bem, me expressei mal. O que eu queria dizer é o seguinte, fiz a limpeza como o recomendado, tomei 2 copos do SAL amargo antes da mistura azeite/limão e mais 2 após, tudo nos horários devidos. Já na primeira evacuação após o primeiro copo de sal amargo saiu umas pedrinhas minúsculas da cor branca, creio que sejam pedras de colesterol. Já no outro dia, comecei a evacuar muitas pedras verdes, após ter tomado o último copo de sal amargo as 08:00 continuei evacuando pedras verdes e grandes até a noite e indo dormir sentir uma dor localizada a 2 dedos abaixo do umbigo um pouco pro lado direito que só sinto quando eu toco. Poderia ter o risco de alguma pedra que ficou causar apendicite? Essa é minha dúvida.

Zé Cassago disse...

Ah bom... e aí Carlos, obrigado pelo comentário.
Essas pedrinhas brancas são uma grande novidade prá mim, não tenho ideia do que sejam.
O seu dia seguinte foi tudo bem normal.
As pedras são verdes por causa da bile.
Essa dorzinha na direção da vesícula eu também tenho sentido só no dia seguinte às limpezas, mas é bem fraca. Acho que é por causa dos dutos que estavam dilatados por causa das pedras e voltando pra situação saudável, só minha opinião.
Quanto a alguma pedra entrar no apêndice acho que seria virtualmente impossível. Será que você não quis dizer pâncreas? Se você não se virou pro lado esquerdo quando deitou ou depois de deitado, esse risco de penetrar no pâncreas não existiu.
Parabéns e saúde.

Zé Cassago disse...

Postei um videozinho de só 12 segundos lá no início do blog, onde cortei uma "pedra" com a faca pra mostrar a consistência e o interior da danada.

Unknown disse...

Desculpe Zé mas eu quis dizer apêndice mesmo. Pelo que eu li as últimas doses do sal amargo é justamente para limpar o intestino das pedras que são cheias de bactérias e a apendicite é justamente uma inflamação causada quando o apêndice é bloqueado por algo, no caso a pedra da vesícula que foi expelida e que pode fica na porta de entrada do mesmo bloqueando a saída do muco http://www.tuasaude.com/causas-da-apendicite/ .Justamente estou sentindo essa pequena dor nessa região quando toco, mas nada de grande alarde, vou aguardar que ela cesse. No mais a região do fígado tá ótima, melhorou 90% depois da primeira limpeza, melhor coisa que eu fiz e continuarei com o tratamento uma vez ao mês. Parabéns e obrigado por compartilhar o método e tb por me responder tão rápido.

Zé Cassago disse...

Boa informação essa Carlos. Vou pesquisar.
Espero que no seu caso não seja nada de mais.
É mesmo um grande alívio que a gente sente quando faz a limpeza
Agradeço.

Zé Cassago disse...

Entrei no site que você indicou Carlos.
Muito bom e esclarecedor.
Isso faz a gente ficar mais atento ainda pra não deixar de jeito nenhum de tomar as 2 últimas doses de sal amargo.
Valeu.

Caroline Olivia disse...

Bom dia! Fiz a limpeza ontem e foi um sucesso. Expeli centenas de pedras. Vou continuar fazendo o protocolo até que não saia mais nenhuma e então vou repetir a ultrassonografia para ver se ainda terei a pedra na vesícula. Eu espero que ela já tenha saído! Uma prima minha fez o protocolo por um ano mas mesmo assim teve que tirar a vesícula, mas tenho muita fé de que isso será resolvido! Grata pelo trabalho Zé! Vamos em frente!

Zé Cassago disse...

Boa tarde Caroline, PARABÉNS! Bote fé porque dá certo sim e sua vesícula vai ser preservada, se Deus quiser. É provável que vc já não tenha mais nenhuma na vesícula porque elas são as primeiras a sair.
Disponha sempre.

Unknown disse...

Olá Zé, realmente era alarme falso, a dor deve ter sido de algum pequeno efeito colateral. Sabe me informar quanto tempo após a limpeza eu posso tomar uma cervejinha bem de leve?Abç.

Zé Cassago disse...

Pô, bom saber Carlos. Acho que eram os dutos voltando pra posição antiga, murchando. Bom, eu tomei duas longnecks ontem, exatamente uma semana depois da limpeza, e não deu nada... eheh. Abraço

Simone Alcântara disse...

Boa tarde, meu marido Carlos está se preparando para fazer a limpeza.
Como ele já havia passado por uma crise de vesícula, com indicação cirúrgica, optamos por iniciar o processo do suco de maçã + oxicoco (suco del valle), duas semanas antes.
Devendo fazer a limpeza no próximo sábado, a maior pedra dele está com 18 mm, ele está um pouco ansioso, mas espero dar boas noticias em breve.

Zé Cassago disse...

Opa, tomara Simone. Boa sorte e SAÚDE!

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Boa noite Ze, meu nome e Luiz e fiz uma ultra na qual constatou uma unica pedra de 4mm na vesicula e outra de 5.5mm no Rim. A minha pergunta e: posso fazer o tratamanto mesmo estando com essa pedra no Rim? Pergunto isso pela grande quantidade de agua que vou eliminar no sexto dia do protocolo.

Cristóvão Gentil de Oliveira disse...

Olá Zé. .. Você fez uma nova ultrassonografia para constatar se a pedra foi realmente expelida de sua vesícula?

Zé Cassago disse...

Boa tarde Luiz, desculpe a demora, fiquei dois dias sem acessar o blog.
Infelizmente eu não sei a resposta pra sua pergunta Luiz.
Saúde.

Kácio André Teixeira de Souza disse...

Boa tarde zé, ultimamente tive em geral 4 crises, porem a ultima por ser muito forte, me fez ir ao médico e ele solicitou uma ultrassonografia e foi detectado uma única pedra de 15mm, eu quero o tratamento como descreve aqui no blog, mas tenho medo dessa pedra ficar retida no duto pancreático, será que fazendo o tratamento esse cálculo pode passar sem problemas pelo duto biliar?

Turma DI8N07 disse...

O que é esse azeite pressão a frio?

Isabela Pedrosa disse...

Olá!!! Gostaria de saber se alguém fez a ultra antes e depois da limpeza? Deu resultado?

Caroline Olivia disse...

Oi Zé! Esse fim de semana fiz a segunda limpeza... Ainda saíram muitas pedras, menos que da primeira vez, mas ainda foram centenas! Vamos firmes até não sair mais nada! :-) Quando eu terminar a limpeza, ou seja, quando eu fizer e não sair mais pedra eu vou refazer a ultra, dai conto para vcs! Beijos

laura silva disse...

Zé posso usar o oleo de coco virgem no lugar do oleo de azeite ?
Qual o tipo de oleo e marca desses idustrializado que posso usar.

obrigada.

Zé Cassago disse...

Boa tarde Kácio.
Segundo a Dra. Clark e outros, essa pedra só vai enroscar na entrada do duto pancreático se vc se virar pro lado esquerdo na hora de deitar logo que tomar a mistura ou nos primeiros 20 minutos que estiver deitado.
Na questão de enroscar no duto biliar, leia com atenção as funções do sal amargo e vc vai ver que ele dilata dos dutos de tal maneira que até pedras bem grandes passam sem causar nenhuma dor. No meu caso, a maior até agora tinha 3cm.
Boa sorte e saúde

Zé Cassago disse...

Oi Laura. Qualquer mudança de ingredientes do protocolo será uma experiência nova, com resultados parecidos ou diferentes. Até agora eu fiz 9 limpezas (a décima vai ser neste fim de semana), e em todas eu usei azeite de oliva.
Teve um depoimento aí de uma pessoa que usou o Gallo Extra Virgem e eu já usei o Borges quando não encontrei nenhum prensado a frio.
Tanto no caso dela como no meu, deu certo.
Boa sorte e saúde

Zé Cassago disse...

A Carolina (abaixo) respondeu bem a sua pergunta.
Eu também fiz a ultrassonografia antes da primeira limpeza e vou fazer outra depois da última, quando não sair mais nada.
To me preparando pra fazer a minha décima neste fim de semana.
Boa sorte e saúde

Zé Cassago disse...

Parabéns Carolina. Pelo jeito vc tá que nem eu, mas espero que não porque já vou pra décima limpeza e na nona ainda saiu um monte.
Bem capaz de eu ter que fazer mais de 12.
Saúde

jogos disse...

Eu fiz a primeira limpeza, deu tudo certo e saíram muitas pedras, mas não sei se foi coincidência, após a limpeza a minha libido deu uma grande caída.
Andei lendo que o fígado é responsável pelo processamento da testosterona, será que o procedimento causou algum dano colateral ao fígado? ou algum entupimento que acabou mais atrapalhando do que ajudando? daqui 1 semana iria fazer a segunda limpeza, mas fiquei preocupado. Alguém mais percebeu a queda da libido?

Zé Cassago disse...

No meu caso foi o oposto, mas vale a pena você pesquisar mais sobre isso.

☆★《Pånný》★☆ disse...

Achei muito curioso e parece ser bom como voce mesmo diz...falei pra minha mae sobre isso pois ela passa pelo mesmo problema fora a érnia na barriga....ela tem pressao alta e outras coisas será que essa "limpeza" nao prejudicaria de alguma forma minha mae?

Agrosomel disse...

Oi Zé hoje eu fiz a minha limpeza e ainda estou impressionada com a quantidade de pedras, sujeiras, sei lá parece que sairam até vermes meu Deus, como deixei chegar a este ponto, tudo o que eu como me deixa com desconforto edistensção abdominal, cortei leite, café e carne vermelha esta semana tenho certeza que vou melhorar cada vez mais, gostaria de agradecer a Deus primeiro, depois a vc pela coragem de mostrar o que aconteceu com vc e ajudar os outros, grande abraço e saúde.

Magna Ribeiro disse...

Muito interessante essa matéria! Gostaria de saber se independente de a pessoa ter pedra na vesícula ou fígado pode fazer ?Isso na verdade consiste em uma limpeza geral no organismo?Obrigada.

Zé Cassago disse...

Opa Agrosomel, PARABÉNS!
Eu acabei de fazer minha décima limpeza, veja a foto que acabei de colocar aqui no blog.
Fiz uma alimentação diferente, veja logo acima da foto os detalhes.
Abraço e saúde.

Zé Cassago disse...

Boa tarde Panny.
Acho bom pesquisar bastante, mas é bom frisar que doença crônica não atrapalha a limpeza, só doença aguda.
Conforme afirmação da Dra. Clark, do Andreas Moritz e de outros, as doenças crônicas tendem a desaparecer ou melhorar depois dessas limpezas.

Zé Cassago disse...

Independe sim Magna, mas acho muito difícil encontrar uma pessoa que não tenha, mesmo crianças. Essa nossa alimentação...
Não se trata de uma limpeza geral do organismo, só fígado e vesícula são beneficiados.
Pra uma limpeza geral, recomendo a leitura do livro do Andreas Moritz "Limpeza do fígado e da vesícula" onde ele detalha também como limpar outros órgãos.
Boa sorte e saúde.

Magna Ribeiro disse...

Obrigada pela resposta . Abraços

Jaqueline Borges disse...

Olá Zé Cassago. Estava procurando alguém com histórico de limpeza hepática parecido com o meu, para poder compartilhar o que tem acontecido com meu fígado. Comecei a fazer a limpeza em janeiro de 2013 e, até o momento, fiz 11 limpezas. Ainda saem muitas pedras. Na 9ª limpeza saíram várias pedras de até 4 cm. Continuarei acompanhando seu blog, para acompanhar os depoimentos. Preciso de forças para continuar, pois pelas reações do meu fígado (dores, de vez em quando) não estou no fim do tratamento.
Saúde!

VIGILANTES DO BRASIL disse...

Olá Zé, meu nome é karlos, voce sabe me informar se o entupimento do canal comum pode gerar o sintoma de fezes claras? Iria fazer essa limpeza depois de amanha só que hoje comi batatinha frita e tomei sorvete, acredito que nao seria uma boa, prefiro fazer sábado que vem e essa semana tomar o suco de maça.

E referente a fezes brancas? voce acha ou sabe se a vesícula tem ligação nessa situação?

Obrigado pelas informações e farei o procedimento.

Zé Cassago disse...

Ish Karlos, não tenho ideia do que tenha causado essas fezes claras.
Quanto às batatinhas e o sorvete, eu acho que você tá certo, melhor diexar pro outro sábado.
Uma vez eu fiz a limpeza sem fazer uma alimentação leve nos seis dias anteriores e saiu tudo errado, vomitei, e saíram bem poucas pedras.
Saúde!

Zé Cassago disse...

Oi Jaqueline.
Caramba, 4cm? A minha maior (até agora) saiu na terceira limpeza: 3cm.
Pelo jeito, a gente tá em situação parecida, muita pedra. Dores eu não sinto mais, há muito tempo. Pelo jeito, vou ter que fazer mais de dose, mas vou até o fim, até não sair mais nada, e quando não sair mais nada, vou fazer mais uma, como recomenda a Dra. Clark.
Peço que você nos mantenha informados da sua evolução.
Saúde!

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Bom dia Zé. Vou fazer a minha limpeza no início no mês de maio para conincidir com a lua nova que é a mais indicada, pela ultra que fiz estou com uma unica pedra de 4mm, mas não sinto nada a ultra foi de rotina.. A alimentação leve que se faz durante os 6 dias pode incluir um peixe grelhado e massas? Você disse em um de seus comentário que as primeiras pedras que saem na limpeza são as que estão na vesícula, certo? Você fez nenhuma ultra após essas 10 limpezas para comprovar que não tem mas nenhuma pedra na vesícula já que está sem dores há algum tempo?

Unknown disse...

Olá Zé, ou eu o Carlos novamente. Fiz minha terceira limpeza na quarta feira e foi tudo normal, saíram várias pedras enfim, só que senti que não aliviou tanto assim os sintomas como nas limpezas anteriores e inclusive voltou agora com força total as ondas de pontadas e mal estar, sinto uma sensação que tem algo enroscado. É normal ter essas crises? Teria um risco se eu antecipar muito a limpeza? No fim de semana exagerei um pouquinho nas gorduras e na cerveja por causa de um aniversário, poderia ser esse o motivo da crise? Abraço.

Zé Cassago disse...

Boa tarde Luiz.
A ultrassonografia que fiz antes de começar as limpezas, detectou uma pedra de 1cm na vesícula, alem de outras menores. Porém, logo na primeira limpeza, saíram algumas pedras de 1,5cm, e na terceira, saíram duas de 3cm.
Das duas uma: ou o ultrassom não detectou as pedras maiores da vesícula porque estavam por trás das pequenas, ou essas pedras grandes vieram do fígado.
Li que a alimentação dos 6 dias anteriores à limpeza deve ser, de preferência, sem óleo nenhum e sem proteínas pesadas, pra dar "um susto" no velho e bom fígado no dia da limpeza.
Só vou fazer outra ultrassonografia quando não saírem mais pedras, provavelmente depois da décima terceira limpeza, Deus queira...
Saúde!

Rui Sousa disse...

Boa tarde a todos.
Tenho a seguinte dúvida por esclarecer:
Qual a ordem ideal de limpeza (se existe) atendendo a que existem as limpezas específicas para os rins, lombrigas e parasitas, vesícula e fígado (intestinos também) ??
Qual será a ordem ideal?
Muito obrigado

Raphaela Oliveira disse...

Olá, tenho 15 anos e fui diagnosticada com esse calculo, gostaria de saber se eu posso fazer essa limpeza. Nao aguento mais essas dores

Caroline Olivia disse...

Oi querido!
Esse fim de semana fiz minha terceira limpeza no fígado e vesícula acompanhada de sessões de hidrocolonterapia e foi um sucesso, ainda saíram muitas, na casa dos 3 dígitos, mas cada vez menos. Expeli a maior até agora, quase do tamanho de uma bola de ping pong! Chocante... Até acho que pode ser um aglomerado de pequenas pedras e cristais. Na próxima daqui a um mês eu quero fazer a limpeza dos rins e dos parasitas antes. Por isso Zé, gostaria de saber quando você vai postar a tradução desses procedimentos por que quero mesmo fazer TUDO e mais um pouco! Também estou tomando extrato de quebra pedra, chá de Camomila, compressa de vinagre de maçã, líquidos temperatura ambiente, limão em jejum de manhã... Esqueci alguma coisa? Ah! uma homeopatia específica que o médico holístico me passou! Vou ficar ligada nas atualizações do blog, mas se vc puder por gentileza me encaminhar esse novo conteúdo por e-mail eu serei eternamente grata! festadacarol@gmail.com
Grande abraço

Kathy Saori Monroe Cobain disse...

por favor não queria ser invasiva, mas estou desesperada, pq já passe por 8 cirurgias ortopédicas em razão da minha deficiência e desde quinta feira à tarde estou as voltas com uma dor insuportável que se origina na vesícula, e vomitei e fui a UPA e td, ainda vou fazer ultrassom, queria falar com vc, em q estado vc mora? me passa seu facebook? pq eu queria saber passo a passo dessa limpeza, pq se for pedra, Deus, eu já chorei litros só de desespero!

Iza disse...

Quero fazer, mas tenho medo de ter as dores das crises! Morro de medo de tomar sal amargo e ter crise de dor depois.........

Caroline Olivia disse...

Oi Querida! Tudo bem? Espero que o Zé proprietário do blog veja sua solicitação em breve, mas como parece que faz um pouco de tempo que ele não atualiza o blog eu me disponho a ajudar no que eu puder, se quiser pode me escrever um e-mail: festadacarol@ gmail.com. Não tenho tanta experiência e conhecimento como o Zé, mas na sua ausência posso tentar te ajudar. Quanto ao passo a passo, está tudo bem detalhado no blog, sugiro que leia tudo! Beijos

Zé Cassago disse...

Boa tarde Rui.
Fiquei vários dias desconectado, vai desculpando a demora em responder.
Segundo a Dra. Hulda Clark, a ordem ideal é:
1-Eliminar parasitas
2-Limpar os rins
3-Limpar fígado e vesícula
Já uma médica brasileira, Dra. Ana (não sei o sobrenome dela), alega que o ideal é fazer a limpeza dos rins depois da quarta limpeza do fígado.
Saúde

Zé Cassago disse...

Boa tarde a todos.
Fiquei vários dias desconectado, vai desculpando a demora em responder.

Caroline, eu já fiz a tradução dos capítulos das limpezas dos rins e parasitas, assim como sobre a manutenção da saúde do fígado. Os links estão no final do blog desde a criação dele.
Parabéns pelo seu sucesso e determinação.

Kathy, a Caroline respondeu bem sua pergunta.
Tá tudo bem detalhado, passo a passo, aqui no blog, mas eu compreendo que quando a gente tá em crise fica difícil se concentrar numa leitura dessas.
Sugiro que vc peça a alguém pra ler TUDO e te ajudar.

Saúde!

Zé Cassago disse...

Boa tarde Iza.
É bom ter medo mesmo porque assim vc faz tudo com muito mais cuidado.
Nas primeiras limpezas eu também tive bastante medo; eu moro sozinho e só pude contar comigo mesmo: cuidado dobrado.
Mas acredite, se vc seguir à risca as instruções, não deixar de ler uma palavra sequer, vai dar certo. Ler e reler quantas vezes forem necessárias.
E o alívio... não tem preço.
Saúde.

Jaqueline Borges disse...

Oi Zé,
hoje finalizei minha 12ª limpeza. Saíram pedras de até no máximo 1,5cm. Vi espuma também como na 9ª limpeza.
Vou fazer como você. Só pararei a sequência quando não sair mais nada.
Estou pensando em tomar Oxypowder. Você sabe se é necessário tomar com probióticos? Foi isso o que o vendedor me disse.

Bom fim de semana e
feliz dia das mães para todas as mães que acompanham seu blog!

Andreia Oliveira disse...

Oiiiiiiiiiiii, recebi o resultado da minha ecografia hj, e diagnosticou DIVERSAS PEDRAS DE DIVERSOS TAMANHOS.... Tbm, estou com medo de fazer, mas meu medo de uma cirurgia é muito maior.... Li acima o caso de UMA pedra... O médico da ecografia me falou do risco de uma pedra se deslocar e para no pâncreas.... Esse é meu medo, qual o risco disso????? Pode acontecer nesse procedimento? Independente da quantidade de pedras, posso fazer a limpeza?

Zé Cassago disse...

Andreia, é bom ter medo porque assim vc toma mais cuidado ao fazer o procedimento.
O seu médico tem razão quanto à pedra obstruir o duto do pâncreas, mas só se vc não seguir à risca as instruções do blog. Detalhes sobre esse item vc encontra no procedimento das 22:00h.
Boa sorte e saúde.

Andreia Oliveira disse...

E seu eu te falar que dois dias tomando suco de maça, minha dor lateral já diminuiu.... :) seria possível isso? :)

Aurea Emilia disse...

Zé Cassago, agradeço imensamente os informes deste tratamento tão simples e que me livrou de uma cirurgia. Fiz a 1ª limpeza ontem. Após a última crise que ocorreu domingo, dia das mães, não dava mais para adiar, mesmo estando na lua cheia... Decidi enfrentar o medo e fazer o procedimento. Segui todas as orientações. Acordei as 2h da madrugada direto para o banheiro. Várias idas e vindas jogando uma especie de espuma esverdeada no vaso sanitário. Após uns 30 minutos, deitei e dormi até as 6h. Direto para o banheiro onde elimiminei um monte de pedras nas cores verde, marron, vermelha e amareladas. As verde e vermelhas sçao maiores. Até as 9h horas juntei as pedras maiores para servir de amostra. Depois não coletei mais. Perdi a contagem. Sem exagero contei até 515. Foi o bastante para me sentir aliviada e muito grata a você que também me passou bastante confiança. Me sinto bem até o momento. Já estou retomando a rotina alimentar sem excessos é claro. Mas muito aliviada por ter eliminado tantas pedra de uma única vez. Quero continuar compartilhando meu testemunho e motivar outras pessoas a cuidar da saúde de forma natural, sem intervenção cirúrgica. Após a 2ª limpeza, no inicio de junho, vou retornar ao meu médico e pedir uma nova ultrasonografia para comparar com a atual. Enfim, só tenho a agradecer a Deus!!! E ao Zé Cassago que publicou esse blog e tem ajudado outras pessoas, como eu que vivi dias de angustia e medo, hoje me sentindo bem e aliviada das dores abdominais terríveis que até ontem sente, hoje não sinto mais. Valeu!!!

Zé Cassago disse...

Bem possível sim Andreia.
O Andreas Moritz, em seu livro "Limpeza do fígado e da vesícula", afirma que maçã, suco de maçã ou ácido málico deixam os cálculos macios, logo, diminuem a pressão nas paredes dos dutos e aliviam a dor.
Que alívio heim Andreia...
Dá uma lida no depoimento da Aurea (abaixo) pra vc se animar mais ainda.

Zé Cassago disse...

Parabéns! Muito bom seu depoimento Aurea.
Agradeço em nome de todos.
Se for igual ao meu caso, vc vai se sentir muito bem estas próximas semanas, muita energia, uma grande sensação de ALÍVIO.
À medida que as pedras velhas do alto do fígado vão descendo e ocupando o lugar das que saíram, pode ser que os sintomas apareçam de novo, como aconteceu comigo.
Isso certamente vai ser resolvido com a segunda limpeza e as seguintes.
Vou fazer a minha 11ª depois de amanhã, terça.
Muita saúde pra você.

RICARDO ROSANA disse...

18h16 – 18-05-2014 - domingo
Prezado Zé Cassago:

Dirijo-me a você com o objetivo de resolver um problema por que passo e necessito de uma orientação antes de me decidir se devo me submeter a esse procedimento.
Passei a sentir fortes dores abdominais no mês de março do ano em curso e qualquer coisa que comia, vomitava. As dores se irradiavam para as costas, até que chegou o momento em que as dores se tornaram insuportáveis e fui levado ao Hospital, onde fiquei internado por dez dias, ocasião em que foi diagnosticado por meio de tomografias e ultrassons, que se tratava de cálculos biliares localizados na vesícula biliar. Por intercessão Divina (hoje eu entendo o porquê), não consegui fazer a cirurgia de emergência, em que iriam me cortar de fora a fora por ser emergencial e não por vídeo-laparoscopia.
Ficou convencionado então que, já nesse mês de maio, precisamente após o dia 15 do presente mês e ano, a cirurgia seria eletiva, e agora sim, por vídeo-laparoscopia.
Fiquei triste com o fato, porém já estava conformado, até que de tanto pesquisar na internet descobri você por meio de um pequeno vídeo de 1m15s, em que o Dr. Lair Ribeiro disserta sobre vesícula. E mais: Descobri também entre outros protocolos o da Dra. Hulda Clark e seu livro de 1999, “A cura para todos os cânceres avançados” (“The cure for all advanced cancers”) e o “6 Days Apple Juice Treatment” do Dr Lai Chiu Nan.
Bem, depois de tanto pesquisar, obviamente queria adquirir o protocolo da Dra. Hulda Clark e suas orientações, além de pedir explicações sobre os riscos, coisas do tipo: E se durante o tratamento houver um entupimento do duto biliar por parte de algum cálculo que esteja tentando ser expelido? Enfim, entre outras dúvidas, como “É necessário fazer uma limpeza dos rins, antes desse procedimento”? Etc.
Desde já, agradeço toda a sua atenção dispensada a minha pessoa.
Atenciosamente,
Ricardo Feitoza

Aurea Emilia disse...

Olá Zé Cassago, legal o breve retorno!

Considero importante compartilhar minha opção por esse tipo de tratamento natural, caseiro, sem intervenção cirúrgica. Na vida faz-se necessário uma parada para repensar, refletir, conhecer formas simples, caseira, natural de cuidado com a saúde. Um saber milenar, que passa de pessoa a pessoa, de geração a geração. Devemos melhor discutir essas questões, compartilhar, socializar saberes e experiências de vida. Foi o que fiz. Quem sabe animo outras pessoas a também quebrar o paradigma do tratamento único medico-hospitalar, químico-medicamentoso. Importante para diagnósticos, porém existem outras alternativas e tratamentos naturais. Um saber possível através da troca de experiências, vivência as boas práticas, fazendo o tratamento com todo cuidado possível, registrando, divulgando toda evolução.

Hoje me sinto muito bem, O intestino já funciona normal. Minha alimentação ainda é leve. Nada de fritura, gorduras, derivados do leite, carne, café ou refrigerante. Difícil é ficar sem comer muitas frutas, que tanto gosto. A maioria que gosto contém muitas sementes (Mamão, melancia, melão, pinha, laranja). O lanche tem sido banana ou maça com mel e granola. O café substitui por chá de maça vermelha com torradas. Uma delicia! Outro ponto positivo é que tenho revisto meus hábitos alimentares. Estou até perdendo peso, me sinto mais leve, bem disposta e sem nenhum sintoma desagradável, mal estar e principalmente desapareceram as dores. O alivio é grande! Estou feliz da vida! Viva a Cultura e o saber popular!

Desejo muita saúde e bem estar na sua 11ª limpeza. Certamente vou continuar acompanhando sua evolução. Isso me dá mais segurança. Afinal, somos seres humanos, temos sentimentos como medo e insegurança principalmente diante do desconhecido. Essa dificuldade é pelo simples fato de NÃO conhecermos bem o funcionamento de nosso organismo. É habitual olharmos a parte externa do nosso corpo. O que acontece por dentro dele (o corpo), como funcionam o organismo, os órgãos vitais é totalmente desconhecido pela maioria das pessoas. A medicina caseira tem muito a ensinar, consequentemente temos muito a aprender.

Admiro muito a medicina caseira. Gosto de chás, lambedores, banhos com ervas, rezas, práticas integrativas e complementares. Agora vou continuar as leituras sobre tratamentos naturais sem intervenção cirúrgica. Quero aprofundar o conhecimento para repassar a outras pessoas formas de cuidar da saúde usando apenas produtos naturais. Para tanto quero acompanhar seu blog. Contribuir com as discussões.

Paz e bem!

Aurea Emilia disse...

Olá Ricardo Feitoza, tem três dias que fiz a 1ª limpeza do fígado e da vesicula, com ótimo resultado. Confesso que o medo de me operar era tão grande que a única limpeza que fiz antes do tratamento inicial foi uma limpeza do intestino com hidróxido de magnésia, alimentação pastosa e líquida no dia anterior. No dia do tratamento (Que inicia a noite) continuei a dieta leve, suspendi a alimentação após 14h. As 18 horas iniciei o tratamento com o sal amargo, conhecido também por sal de epson. Confesso que em nenhum momento senti muita fome. Após o tratamento é que senti um pouco a boca seca, tomei água e ficou tudo bem. A vontade era de ficar o tempo todo deitada, afinal são muitas idas e vindas ao banheiro eliminando as tão famosas pedras da vesícula. (veja me depoimento abaixo). Creio que o risco se dá caso não ficarmos deitados na posição recomendada, de peito prá cima. Para vencer esse obstáculo coloquei travesseiros ao meu lado, pois tenho hábito de dormir lateralmente. Virar para o lado esquerdo jamais!!! Releia as recomendações contidas no blog, se possível peça alguém para acompanhá-lo. Fique tranquilo! Pense positivo e acredite que tudo dará muito certo! Sucesso!

Zé Cassago disse...

Isso mesmo Ricardo Feitoza.
Este blog é a tradução do capítulo do livro da Dra. Clark que você citou e você vai verificar que as respostas para todas as suas perguntas estão nele.
Leia tudo e releia se for necessário que vai dar certo.
Você vai ver que os cálculos não enroscam nos dutos graças ao sal amargo que os dilata permitindo que até pedras enormes passem sem dor.
Eu me baseio exclusivamente nas informações deste blog para as minhas limpezas, mas há outras dicas muito boas internet afora, como a do uso do suco de maçã nos 6 dias da semana do procedimento do Andreas Moritz.
Recomendo também a leitura de TODOS os depoimentos acima e abaixo porque há dicas muito boas de todos.
Saúde!
Eu usei o suco 2 ou 3 vezes só porque não notei nenhuma diferença

Andreia Oliveira disse...

Oi Zé mas me tira uma dúvida, No Vídeo da Ju Cassago No you tube, ela fala, em determinado momento... " Olha se não tem pedras no fundo (do balde) se tiver são as pedras da vesicula" Esse SE TIVER, me intrigou.... Pode acontecer de sair as do fígado e as da Vesicula não???? Alguém já mandou uma Ecografia do antes e depois?????

Andreia Oliveira disse...

Desculpa, hehehe, mas to nos nervos, Dúvidas e mais dívidas.... Me diga, não há possibilidade dessas pedras expelidas serem meramente a mistura do suco de limão com o azeite de oliva???? Não é descrença não, até pq hj to acreditando mais nessa teoria que em Deus, hehehe.... Só me questionei sobre isso, pois vi o vídeo do "corte" das pedras e esse final de semana estive na casa da minha irmão que teve a vesícula retirada, e ela tem as pedras guardadas, as pedras dele são totalmente "duras" calcificadas e escuras... MUITOOO grandes... A cor das pedras são cor de terra, e bem como falei MUITO duras.... Por isso que me questionei se as pedras expelidas com esse tratamento não seriam meramente a "digestão" do azeite com o suco de limão..... ?

Zé Cassago disse...

Oi Andreia.
A Ju é minha sobrinha. Ela se enganou quando disse isso porque tanto as pedras do fígado como as da vesícula flutuam, a não ser que contenham cálcio.
Aqui pro blog ninguém nunca mandou nenhuma ecografia.

Zé Cassago disse...

Alguém fez um depoimento que um site mexicano também levantou essa hipótese.
Eu digo com certeza que quem tava numa crise de dor e fez essa limpeza (eu, por exemplo), não tem nenhuma dúvida. Isso porque as crises desaparecem, a saúde muda.
As primeiras pedras que saíram de mim, nas primeiras limpezas, eram bem mais duras, tinham textura de queijo parmesão.
Essas do vídeo foram da décima limpeza e já estavam bem mais macias.
Não entendo porquê.
Mas pra você ter certeza absoluta, o único jeito é fazer um ultrassom antes da limpeza e outro IMEDIATAMENTE após.
Eu (que tenho certeza), deixei pra fazer o segundo ultrassom só depois da última limpeza.
Vou fazer a 11a amanhã.

Aurea Emilia disse...

Zé Cassago, já pensou em produzir um vídeo para postar no blog e no youtube? Um passo a passo bem simples do preparo das misturas, o modo de deitar, além do produto final de coleta e amostra das pedras resultante do tratamento. Fica a dica. Saúde e bem estar!

Andreia Oliveira disse...

Mas as que contem cálcio tmb, saíram com a limpeza???? Penso no caso da minha irmã, as pedras que tiraram dela por cirugia, sairiam com esse método? Mesmo daquele tamanhÃO?!!!!! E se as minhas forem assim :'( ?

Andreia Oliveira disse...

Verdade, seria muito útil MESMO.... Até porque ontem ao deitar pensei exatamente isso... Modo de deitar..... Como fala em 2 travesseiros, a variação de altura existe.... Detalhe do meu caso 2 travesseiros dos meus não chega a um do meu marido, Gosto de travesseiros bem baixinhos.... Seria muito bacana mesmo Aurea.

Rui Sousa disse...

Olá! Muito obrigado por esclarecer a dúvida.
Brevemente vou iniciar leitura sobre as várias limpezas, como processo de preparação e de seguida adquirir os produtos necessários à execução das mesmas.
De facto, a saúde começa por dentro, corpo, mente e coração.
Obrigado e saúde!

PS- se alguém de Portugal, visitar este site que me envie mensagem de forma a podermos conversar sobre os produtos necessários às limpezas. Expresso esta vontade, atendendo a que alguns produtos dificilmente se encontrarão com facilidade.

Cumprimentos!

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Zé, me tira uma dúvida. Você já fez outras limpezas antes de realizar a da vesícula e fígado. Como a do cólon, rins e parasítas ou você faz direto e só a da vesícula e fígado? E como foi a sua 11ª limpeza? Um abraço.

Zé Cassago disse...

Boa tarde Luiz.
Não, eu não fiz nenhuma das outras limpezas. Deveria ter feito, mas acabei não fazendo.
Me mandaram um informativo de uma médica do Rio chamada Ana.
Ela recomenda que a limpeza dos rins seja feita depois da 4ª limpeza do fígado. No texto, ela foi bem convincente.
Já a limpeza dos parasitas, a Dra. Clark recomenda que seja feita antes de mais nada.
Eu acabei conseguindo o Black Walnut Tincture através de um amigo, e usei nas limpezas mais recentes, inclusive antes de ontem.
Ele é vendido em lojas de produtos naturais nos EUA.
Falando nisso, parece q minhas pedras estão acabando. As maiores que saíram não tinham mais de 5mm e eram poucas, umas 6 ou 7, no máximo.
Mas aquelas bem pequenas, de 1,5mm mais ou menos, eram dezenas.
Abraço

Zé Cassago disse...

Eu já pensei nisso, mas desisti de fazer porque complica muito pra mim, moro sozinho e é preciso q tenha alguém pra filmar, não dá pra concentrar nas duas coisas, acabaria fazendo alguma besteira (homem não é como mulher, que faz tudo ao mesmo tempo, eheh). Poderia simular, mas eu não ia querer desperdiçar o azeite (não tem outro tipo de óleo em casa).
Pra passar uma verdade, tem que ser de verdade, enquanto tá acontecendo mesmo.
Porém Áurea, já que vc sugeriu, eu é que peço pra vc pensar na possibilidade de vc fazer um vídeo enquanto faz a sua 1ª limpeza (ou a Andreia na sua próxima), fazer o upload dele no youtube e nos mandar o link aqui pelo blog.
Se ficar legal, eu incluo esse link no corpo do blog.
Isso seria uma grande colaboração.
Abraço

Zé Cassago disse...

Sim Andreia, as que contém cálcio também saem, segundo a Dra. Clark, Andreas Moritz e outros.

Zé Cassago disse...

Achei um vídeo muito bom no youtube e quero compartilhar com todos.
É um bom complemento pra este blog.
Um coisa importante que ela não disse: DEITAR COM A BARRIGA PRA CIMA, jamais pro lado esquerdo.
Importante também ler os comentários do vídeo dela.
Ela também disponibiliza em PDF o livro "Limpeza do fígado e da vesícula" do Andreas Moritz, pra quem ainda não tem ou não pode comprar.
https://www.youtube.com/watch?v=NCkNCTqzX2M

Zé Cassago disse...

O livro do Andreas: http://www.thodio.com/LIMPEZA-DO-FIGADO-E-DA-VESICULA.pdf

Andreia Oliveira disse...

Querido Zé, o vídeo acho que não faria, mas uma coisa eu garanto, quero "esfregar" na cara de muita gente, que me bota pra baixo dizendo que isso não funciona, que não tem escapatório pra mim, que da cirurgia eu não escapo... gente que me bota chorar todos os dias.... :*

Andreia Oliveira disse...

Nossa, essa da limpeza intestinal, pra mim é nova....
É fundamental essa limpeza?
Zé me diga uma coisa... Ta bem insuportável conviver com essa dor do lado direto, as fisgadas constantes.... Enfim...A fase de lua é imprescindível? Pergunto, pois assim, eu cantos nos finais de semana, e trabalho durante a semana, e não está acontecendo de coincidir minha folga com a lua, vi que a Aurea, fez a limpeza dela sem se ater na fase da lua.... Enquanto isso sigo tomando suco de maçã todos os dias.... Já não posso nem ver mais hahaha.... beijo gente... Obrigada por estarem me ajudando, enquanto quem está do meu lado me desilude.... :'(

Zé Cassago disse...

Andreia, eu fiz em quase todas as fases da lua e não fez diferença nenhuma. Note que coloquei as fases da lua acima de cada foto das minhas limpezas.
Não coloquei foto desta 11ª limpeza porque foi igual à 2ª.
Sugiro que vc veja este vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=NCkNCTqzX2M
e leia este livro (só o capítulo da limpeza do fígado no momento)
http://www.thodio.com/LIMPEZA-DO-FIGADO-E-DA-VESICULA.pdf

Andreia Oliveira disse...

Ahãm assim que vc postou já fui olhar.... :D ....
Estava lendo agora.....
Só bem como lhe disse não tinha percebido sobre o fato de limpeza do intestino com enema.... Vc fez?

ENFOQUE SAÚDE EMOCIONAL disse...

Fiz a minha segunda limpeza no princípio de maio. Depois de um churrasco tive uma crise de novo após 6 meses sem dores. Sei que meu organismo tem a tendência a formar essas pedras e que vou ter que fazer a limpeza outras vezes, mas prefiro fazer a limpeza a me submeter a cirurgia. A segunda limpeza também foi um sucesso. As pedras que colhi foram diferentes da primeira. Agora foram verdes. Fiz um pequeno vídeo e fiz questão de passar por aqui para continuar estimulando as pessoas a acreditarem nesta limpeza. Deus os abençoe.
https://www.youtube.com/watch?v=WLHCUpsRqts&feature=youtu.be&hd=1

Valter Lobo disse...

Acabei de fazer a limpeza e saiu muitas 'pedras' verdes muita mesmo, mas antes de tomar o limão com azeite, lembrei das minhas aulas de química e de como minha tia fazia sabão com gordura velha, e mesmo antes de sair as 'pedras' observei as imagens deste blog e me perguntei se isto não e um processo químico de 'saponificação' ? Pesquisando acabei encontrando por este artigo em uma revista medica : Seriam os cálculos biliares? http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(05)66373-8/fulltext . Bem a limpeza serviu para fazer uma dieta com pouca gordura e farinha, acho que este foi o beneficio além da limpeza intestinal.

Aurea Emilia disse...

Olá Zé Cassago, Andreia, demais integrantes do grupo, paz e bem!

Gostei muito do video indicado. Não conhecia. Ajuda a compreender melhor todo o processo. Farei indicação, pois desde que conheci esse tratamento natural compartilho com outras pessoas.

Vi outro video de Ju Cassago, sobrinha do Zé. A mesma acompanhou o esposo e filmou o resultado do tratamento, mostrou as pedras que foram expelidas pelo organismo . Simples, Legal. Não pensei em filmar minha trajetória pelo simples fato de não ter habilidade com esses equipamentos. Tirei alguma fotos de algumas pedras mas não consegui inserir no comentário.

Enfim, os videos indicados se complementam. Quem tiver interesse e busca esse tipo de tratamento natural vai ler, pesquisar, conhecer melhor os órgãos vitais, descobrir qual a importância da vesícula para o figado, para o intestino. Também terá um cuidado maior com a alimentação, experimentar uma dieta leve, saudável, após toda essa trajetória é que decidirá se fará, ou não, esse tipo de tratamento, limpeza do fígado e da vesícula. Afinal temos liberdade de fazer nossas escolhas.

Quanto a minha saúde continuo me sentindo muito bem.

Andreia, graças a deus não senti uma única dor após a primeira limpeza. Deus seja louvado! Não imagina o alívio. Embora sempre que almoço penso se aquela dor horrorosa virá. Confesso que ainda tenho medo. Mas, estou tentando mentalizar o positivo, a melhoria de minha saúde, a renovação desses órgãos que são vitais para a nossa vida e saúde. No que depender de meus cuidados com a alimentação, vou me curar, não terei não aquelas dores horrívei. Tenho fé em Deus!

Continuo com alimentação leve, nada de carne vermelha, fritura, cafe, refrigerante, derivados de leite. Incluir no cardápio diário o suco de maça e chá de maça vermelha pela manhã e a noite.

Sexta-feira (30/05) farei a segunda limpeza, com muita fé em deus! A lua estará nova. A primeira limpeza fiz na luz cheia. Segundo minha mãe que já tem 85 anos e valoriza muito os saberes populares são fases de lua propícia para tratamento da saúde.

Abraços, deus abençoe a tod@s!

Andreia Oliveira disse...

Verdade, nessa situação comemos sempre com medo, não é...? Eu estou programando minha limpeza para o final de semana do dia 5/6.... Espero que de certo pois ta complicado assim, nem consigo me ajeitar na cama, noites e noites sem dormir, se revirando de um lado pro outro... Nervos, tensa estressada.... Em fim ta sobrando pra todo m undo lá em casa.... Hehehe... Saúde para nos minha querida....:*

Andreia Oliveira disse...

Olá, pois é eu tbm me questionei sobre isso... Veja acima... Grande abraço.

Aurea Emilia disse...

Oi, Andreia, luzes! Sinto que aos pouco o medo vai passando. Esta semana enquanto me preparo para fazer minha 2ª limpeza, com novos hábitos alimentares, me sinto bem melhor, segura do tratamento que optei, especialmente após as leituras. Tenha certeza que sempre vamos encontrar alguém em nossa trajetória para nos apoiar, ou não, em nossas escolhas. O importante é decidirmos e seguir em frente com o pensamento positivo que tudo dará certo. Paz e bem!

Aurea Emilia disse...

Olá Valter, que bom que você fez a limpeza. Bom mesmo é que saíram muitas "pedras" rsrsrs. Imagino o alívio!

De fato todo esse processo é pura química. Fico até imaginando a revolução que causa dentro do nosso organismo rsrsrs. Como a própria Dra. Hulda Clark e o livro de Andreas mostram esse processo é uma forma de fazermos uma limpeza do fígado, consequentemente da vesícula que faz o papel de um filtro. Existe uma infinidade de artigos sobre o assunto. Assim é a ciência, a medicina e suas controvérsias. Certamente muitos estudos estão por vir. Cabe a cada um de nós fazer escolhas sobre o tipo de tratamento, o cuidado que queremos para a nossa saúde. Particularmente, na plenitude dos meus 53 anos de vida, sempre busquei e desejo cada vez mais optar pelos cuidados alternativos da saúde com produtos da natureza, sem medicamentos, sem intervenções cirúrgicas. Estou muito feliz, pois tem dado certo, principalmente por meu fígado e vesícula estarem intactos!!! Certamente, rever os hábitos alimentares é primordial, além de incluirmos as atividades física e mental no nosso cotidiano de vida.

Sucesso sempre!

Andreia Oliveira disse...

Onde anda o Zé? Hehehehe....
Aurea querida, fiz essa pergunta por Zé mas sinda não respondeu então pergunto para vc....
Quando vi o vídeo do liberdade natura, ela fala em ates e depois fazer uma limpeza intestinal (enema) Vc fez???? Bjjj

Aurea Emilia disse...

Olá Andreia, lindo dia!

Estou na fase de conclusão da segunda limpeza, iniciada ontem a noite. Oh Glória! Que alívio que sinto. Vou já me alimentar normalmente rsrsrs após seis dias de alimentação liquida/pastosa... mereço! Embora por uns dias continuarei na alimentação leve, sem derivados do leite, carne vermelha, refrigerante, chocolate e frituras nem pensar. Até pq isso dificultaria normalizar o intestino nas próximas horas.

Bem, relato que após uma semana de expectativa, mais uma vez saiu tudo bem, graças a Deus! também saíram muuuuuiiiiitooosss cálculos biliares!!! Desta vez alguns bem maiores que da 1ª limpeza. Só vendo prá crê. A satisfação é grande. Valeu a pena optar pelo tratamento natural de cuidado com a saúde.

Com relação ao limpeza do intestino já faço pelo menos 2x ao ano. Quando resolvi realizar o tratamento do fígado e da vesícula fiz apenas mais uma vez. Até porque passo seis dias antes da limpeza do fígado e vesícula na base de alimentação liquidificada/pastosa, bastante suco e chá de maça e isso já ajuda na limpeza. Eu tomo durante a semana de preparação do tratamento uma colher (sopa rasa) de sal de epson/sal amargo dissolvida em um copo de água pela manhã, antes mesmo de fazer a higiene bucal, em jejum. No livro de Andreas explica o como fazer. Vc leu o livro? Veja a página 146, item 4.

Enfim, o maior incomodo deste tratamento é o gosto do azeite e limão que fica na boca por um tempo, além das idas e vindas ao banheiro rsrsrs. Faz parte. Tenho fé e já me sinto curada. Com as bençãos do Pai Eterno!

E o Zé??? Detalhe aí como foi sua 11ª limpeza???

Beijos,

Aurea Emilia disse...

Oi Andreia, demais visitantes do blog hoje retorno para repassar outra forma simples que ajuda na limpar do nosso aparelho digestivo antes e após a limpeza do fígado e da vesícula. É ferver água durante 15/20 minutos. Após fervura colocar em garrafa térmica e beber pequena quantidade (xícara/copo pequeno de café) durante todo o dia, aproximadamente no intervalo de 30 minutos, na temperatura de tomar chá ou cafe. Ótimo para limpeza e o bom funcionamento do intestino.

Como ontem eu ainda estava de repouso e precisava me alimentar um pouco mais, também pelo fato de ter feito limpeza com o sal amargo, estou fazendo essa etapa e procedimento hoje, como complemento da limpeza do cólon.

Com relação a 2ª limpeza do fígado e vesícula, ontem a tarde saiu + 3 cálculos biliares: dois maiores e um menor, comparados a moeda de 10 centavos. O diferencial é que eram de cor verde claro. Hoje cedo ainda saiu dez cálculos também de cor verde claro, comparado ao tamanho de uma ervilha. Creio que foi resultado da limpeza do aparelho digestivo, de fundamental importância após a etapa de limpeza do fígado e vesícula.

No mais estou ótima! Graças a Deus!!! Agradeço também a Zé Cassago que criou esse blog para compartilhar os estudos de Dra Hulda Clark e o livro de Dr. Andreas, além de relatar sua vivência. Essa é a Medicina Caseira Pura!!! Amo de paixão a natureza e tudo de bom que o universo com sua sabedoria nos oferece.

Valeu minha gente!!! Sucesso na saúde e na vida!!!

Aurea Emilia disse...

Olá pessoal, para o tratamento da vesícula e figado utilizei o Azeite Olivas do Sul. O primeiro Azeite Extravirgem produzido e comercializado no Brasil. Obtido através de um processo unicamente mecânico e a frio.

Também pelo fato de, segundo análise dos especialistas da Proteste, uma das marcas testadas de Azeite de Oliva, considerado um azeite extravirgem de melhor qualidade.

Abs,




juliana ju disse...

Bomdia!Eu tenho pedra na visicula,ja tive pancreatite,descobri que estou com pedra nos rins,passei no meopata ele passou cha de bardana com vigabom e DISSOL,nao senti mais dor,mais quero fazer essa limpeza eu posso por causa dos rins. Por favor me responde..obrigado..

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Zé boa tarde. O que você usou na sua limpeza de parasítas? Na limpeza que o livro recomenda os ingredientes são muito difíceis de serem encontrados aqui.

Unknown disse...

Oi pessoal!Olhando estes relatos pensei que existe uma esperança de escapar da medicina convencional . Estou com uma pedra de 2,5 cm na vesícula e meu receio é o tamanho, será que eu conseguiria eliminar sem riscos?Estou fazendo dieta, comendo maçã, pera,legumes cozidos sem tempero, e mesmo assim, sinto muita dor.Outra dúvida, é em relação aos parasitas, fiz exame parasitologico de feses e deu negativo, eu precisaria fazer a limpeza de parasitas.Fiz meu exame há 2 semanas.Aguardo retorno ansiosamente.

Andreia Oliveira disse...

Olá.... Zé, querido, fiz minha primeira limpeza no final de semana passada, no domingo acordei bem, mas na madrugada de domingo para segunda, tive uma crise bem forte que me levou para o hospital.
Passei a segunda feira de cama, e hoje (terça) me sinto bem mal... Uma dorzinha persistente no lado direito abaixo da costela, e o estômago com sensação de aperto, pq será isso? Será que seria o fato de ter saído as pedras de vesicula e ter se alojado novas vindas do fígado??? Segui as risca os ingredientes, medidas, horários, tudo certinho... E hj me sinto malzinha :'( .... O que será que aconteceu comigo???? Mesmo assim pretendo fazer outras limpezas, pois acho que foi isso, estava com tantas pedras que já se instalaram novas na vesicula. Alguém ai passou mal depois de uma limpeza????

Andreia Oliveira disse...

A não comentei, mas na minha limpeza saíram várias pedrinhas, nem me dei ao trabalho de contar e coletar, pois eram do tamanhos de grão de arroz, umas de grão de feijão, a maio foi na última vez, e tinha o tamanho de uma unha do dedo minguinho... Acredito eu que na segunda limpeza saíam as maiores....

Aurea Emilia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aurea Emilia disse...

Olá Andreia, legal que se recupera bem!

Que sintomas a levou ao hospital? Como foi sua alimentação nos dias anterior e posterior a limpeza? Vc conseguiu dormir e não se movimentar muito?

Tô curiosa pois não senti nada de mal estar. Após quase 30 dias da 1ª limpeza não sinto mais dores. Estou me preparando para a 3ª limpeza. Até lá continuo com os cuidados na alimentação... eliminei do cardápio o café, leite e seus derivados, chocolate, carne, farinha/farofa, refrigerantes, molhos e frituras.

Diariamente estou tomando em jejum um copo d'água misturado a 1 colher de café de cloreto de magnésio. Após 1 hora tomo um copo de limonada com mel para limpeza do estomago e intestino delgado.

Me sinto ótima em vários aspectos.

Desejo melhoras na saúde!

Aurea Emilia disse...

Sobre a questão é recomendável a leitura do livro do Andreas: http://www.thodio.com/LIMPEZA-DO-FIGADO-E-DA-VESICULA.pdf

Admin disse...

Esta semana vou fazer minha primeira ecografia para verificar se possuo as tais pedras na vesícula, se realmente estiver penso em realizar o protocolo, mas confesso que estou com um pouco de medo.

No momento me encontro em outro país (Bolívia), longe de meus familiares e amigos, além de que o sistema público de saúde aqui praticamente não existe, tudo tem que ser feito em clínicas particulares, etc.

O meu medo é, como no caso da Andreia, necessitar de internação e estando aqui ser tudo um pouco mais complicado. Também tenho medo de obstruir o conduto pancreático e causar algum dano ao meu pâncreas.

Ultimamente ando com muita dor do lado direito bem abaixo das últimas costelas, e às vezes esta dor parece querer subir ou passar para o parte de trás, nas costas.

Gosto de comer churrasco e muita pizza, e justamente quando consumo este tipo de alimente é quando mais sinto estas crises, 90% das vezes na parte noturna, me impedindo de dormir e me causando insônia.

Alguém pode me ajudar, dar uma dica, ou algo assim?

Andreia Oliveira disse...

Oi Minha amiga Aurea, fui para o hospital com fortes dores na boca do estômago, e nas costas, e muito vômito, direto.... Normal né as crises da vesícula.... Sim passei os 20 minutos indicados sem me movimentar e muito além disso tbm... Acordei de madrugada na mesma posição ainda, o corpo chegava a doer de ficar do mesmo jeito.... Acredito que foi algo que comi depois da limpeza...Me senti bem na manhã seguinte meu namorado estava comendo torta, dei uma gafadinha na massa... Comi frutas, sucos, pão torrado e arroz com brócolis refogado.... FUI BURRA.... Acredito que tenha sido esse meu erro.... que vc acha?
Na próxima não farei.... Estava com tanta fome no dia seguinte, que acho que me passei.... Aurea, deixa eu te pedir uma coisa, já lemos que se feito de maneira errada, deitando pro lado esquerdo, pode se deslocar uma pedra para o pâncreas, Qual seriam os sintomas se isso acontecesse? Quando começariam esses sintomas???? Bj minha linda

Andreia Oliveira disse...

Admin... Bem isso , se eu como carne, nem precisa ser gordurosa, parece que vou morrer... SEMPRE a noite... Muita dor na boca do estômago, puxando pras costas, se estendendo pros lados.... Na real, dói tudo no abdomem....Parece que dói até pra respirar... Parece que é pulmão que é coração.. é péssimo :(... To a mais de 3 mêses morrendo de vontade de comer ovo frito, que amo, carne tb, não como a mais de 3 meses... Pizza esse ano ainda não comi, "X" tbm não.... Mas o que muitos dizem que faz mal e não me faz é queijo, como queijo e não me faz mal.... Claro não como muito... No máximo 2 a 3 fatias fininhas....Chocolate como tbm, café tomo ums golinhos.... estranho que isso não me faz mal... talvez pelo fato de ser bem pouquinho as porções.... Sei lá... Talvez seja de pessoa pra pessoa.... MAS TE DIGO O SUCO DE MAÇA NÃO ABRO MÃO, TOMO DIRETOOOOO, TODOS DIAS NO MINIMO UM LITRO E SINTO QUE DA UMA BELA DIMINUÍDA NA PRESSÃO LATERAL... Antes da 1º limpeza tomei durante um mês todos os dias, em certos dias até 2 litros por dia.... Mas como falei com a Aurea, acho que minha dor foi ter me passado no que comi no dia seguinte....A fome era tanta que estava contando no relógio os minutos pra comer alguma coisa....Mas como disse, na próxima não farei isso... Só tenho uma dúvida, como saber se não foi nenhuma pro pâncreas? Quais e quando aparecem os sintomas? Isso deveria dizer no livro, pelo menos não localizei essa informação.... E acho bem importante ela, pois se acontece tentar resolver logo, mas acredito que fazendo certinho o risco de acontecer é minimo....Bj

Aurea Emilia disse...

Olá Andreia, creio que tenha sido esse 'pedacinho de torta' rsrsrs que aparentemente é insignificante, no entanto, o que observo após a limpeza é que qualquer quantidade de gordura que chega ao organismo ele reage imediatamente. Com vc foi tudo de uma vez: vômito, dores, mal estar... Lamento. Mas não desanime!!! Na próxima limpeza certamente terá mais zelo e cuidado. Quando sentir fome é se deliciar com frutas, sucos, legumes, verduras, sopa magrinha, chás... pelo menos 24h após limpeza.

Quanto aos sintomas ao deitar para o lado esquerdo, adentrando cálculos biliares no pâncreas... imagino que seja dores intensa. Vou ler um pouco sobre essa questão. Após darei retorno. É bom saber...

Abs,


Andreia Oliveira disse...

Ai querida que bom ter alguém assim, "perto" :) Pois é acredito ter sido isso mesmo, mas to com aquela coisa, será que deu algum problema? Será que foi no pâncreas, sabe sou meio neorótica... Ontem perguntava pro meu marido, olha bem pra mim, não to amarela? (pois dizem que se a pedra entope o ducto do pâncreas a pessoa fica amarela) e eu já estava me vendo marela.... Hahahaha, tentei localizar alguma informação (QUE ACHO BEMMMM IMPORTANTE) mas só localizei sintomas.... queria ver se encontrava algo bem específico... Te aguardo então MUITO OBRIGADA PELA AJUDA.... Vc tem face???? Poderia me add? Bjz

Aurea Emilia disse...

Olá Admin,

A ecografia dará o resultado esperado, não tenho dúvida, pelos sintomas que vc apresenta. O Diagnóstico é sempre o mesmo: Cálculos na vesícula. A indicação médica é CIRURGIA. Na visão na maioria dos médicos é a única alternativa. Para quem acredita e utiliza a medicina caseira como eu, existem outras formas de cuidar da nossa saúde.

Enfim, se você vai retornar logo ao Brasil é melhor aguardar, pois considero importante ter alguém próximo para apoiar quando necessário. Mas se for demorar busque a tranquilidade, pense positivo para que tudo ocorra bem. Mesmo entendendo que existem pessoas que vivem só, como o Zé Cassago e tudo deu muito certo com ele.

Como Andreia informou o suco de maçã ajuda e muito no alívio e desconforto das dores. Além do suco tomo o chá de maça vermelha, fácil de encontrar em supermercados.

Sim, é normal essas crises acontecerem geralmente a noite. Passei quase seis meses com dores após jantar. Semanas antes de fazer esse tratamento raramente comia algo a noite. Era só chá ou suco com torradinhas sem requeijão, sem manteiga, sem recheio. rsrsrsrs

Graças a Deus estou livre das dores! Oh glória!!! A dieta ajuda muito no tratamento. Eliminei do cardápio carne, frituras, farinha/farofa, café, refrigerantes, chocolates, molhos, refogados, leite e seus derivados, evite todo e qualquer alimento que contém gordura.

Até lá continue lendo e cuidando da saúde. Assim se sentirá mais segura para fazer a limpeza do figado e da vesícula que é bem simples mas requer atenção ao protocolo. Após é só desfrutar da vida e cuidar da alimentação e saúde.

Paz e bem!

Aurea Emilia disse...

Andreia, veja o que Dr Andreas escreveu no livro Limpeza do figado e da vesícula:

Dores de cabeça ou náuseas nos dias seguintes a limpeza hepática

Na maioria dos casos, isso ocorre quando as instruções não foram seguidas corretamente. Porém, em algumas raras exceções, os cálculos biliares podem continuar saindo do fígado depois de completar a limpeza hepática. Algumas toxinas emitidas por essas pedras podem entrar no sistema circulatório e causar incômodo. Se for esse o caso, é necessário beber cerca de 12 mililitros de suco de maça durante os sete dias seguintes ou enquanto durar o incômodo, depois da limpeza hepática. Assegure-se de beber o suco pelo menos meia hora antes do café da manhã. Além disso, uma nova limpeza do cólon pode ser necessária para aliviá-lo de qualquer pedra que tenha chegado posteriormente. O método limpador de tecidos (água ionizada) mencionado ajuda a expulsar as toxinas em circulação. Se você adicionar um pequeno pedaço de gengibre fresco à garrafa, a água ionizada eliminará as náuseas rapidamente. Beber dois ou três copos de chá de camomila por dia igualmente ajuda a acalmar o trato digestivo e o sistema nervoso. A camomila também é um bom ‘’triturador de pedras’’ de cálculos calcificados´(Andreas Moritz).

pinky_gisele disse...

boa tarde sou a Gisele e após ler os depoimentos e muita pesquisa senti-me encorajada a fazer a limpeza ,uma vez que fui diagnosticada com calculos biliares.
me preparei esta semana e hoje vou faze-lo e quero compartilhar com vcs.
varzea paulista sp 13/06/2014

Andreia Oliveira disse...

A, minha querida Aurea, e não é que tive nova crise na sexta a noite.... que triste isso... Muto triste... Como não poderei fazer nos próximos 2 finais de semana farei nova limpeza no dia 5/7, terei que esperar 4 semanas.... :( espero que não se repita pois depois da primeira passei mal a semana inteira.... :(, Sabe o que me intriga? Pq será que as crises só acontecem a noite?

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Boa noite. Alguem fez a limpeza de parasitas antes da limpeza do figado? Se tiverem feito podem me dizer o que usaram e quanto tempo antes da limpeza do figado ela foi feita.
Obrigado!

Aurea Emilia disse...

Olá Andreia, não fique triste... pense positivo, pois os pensamentos influenciam diretamente na saúde. Creio que tudo isso é consequência e resultado da falta de cuidado com a alimentação durante anos e que só agora estamos percebendo o quanto erramos e o quanto desejamos acertar. Certamente os sintomas variam de pessoa para pessoa. Enfim, só tive crises fortes até iniciar esse tratamento. Após senti apenas dores leves, algumas contrações no 'pé da barriga' seguindo até a costa. Senti pouca disposição no dia da limpeza, além da fraqueza/desanimo. Após essa fase foi tudo bem e senti muita disposição para enfrentar o dia-a-dia.

Final de semana passado fiz mais uma limpeza. A 3ª que esperava fazer só dia 27/06 na lua nova, que agora será a 4ª. Vejo que o intervalo de 30 dias é muito longo. Eu estava percebendo o reaparecimento de sintomas como azia, má digestão, sensação de estomago cheio, mesmo comendo em melhor qualidade e menor quantidade. Assim, reli todo material e concluí que deveria está novamente com a vesícula cheia de cálculos biliares... imaginei que ela estava com pouco espaço para 'trabalhar'... Por isso antecipei a 3ª limpeza e devo manter um intervalo de apenas duas semanas entre uma limpeza e outra.

Acredite!!! Mais uma fez fiquei surpresa com a quantidade de cálculos biliares!!! Superior as limpezas anteriores, com resultado bem melhor, cálculos biliares bem maiores. O diferencial foi a coloração, a maioria na cor marrom escuro. Uma quantidade enorme mesmo. Desta vez quase não dormi com a sensação de uma revolução estomacal rsrsrs. Tudo parecia se mexer dentro de mim. Adormeci tarde, acordei na madrugada não conseguia me distanciar do sanitário. A maioria dos cálculos expelidos eram do tamanho 3X maior comparado a uma moeda de 10 centavos. No segundo dia da limpeza ainda saiam cerca de 20 'pedras' menores se comparados a um caroço de ervilha, estas últimas na cor verde escuro. Enfim, me sinto bem melhor e sem aquela sensação de estomago cheio, empachado ao comer. Estou consciente que serão necessárias várias limpezas para que de fato o tratamento alcance o resultado esperado de alívio total, saúde e vida!

Por fim, pq será que a maioria das crises só acontecem a noite? Acredito que é devido o acúmulo da quantidade de alimentos que digerimos durante o dia, que vai se aglomerando sem o devido processo na velocidade esperada. Bom mesmo é que toda essa sujeira saia logo para revigorar nossa saúde!!!

Paz e bem!

Aurea Emilia disse...

Oi Gisele é muito bom ler os depoimentos, partilhar conosco como foi sua experiência. Desejo saúde para você!

Aurea Emilia disse...

Oi Luiz existem várias dicas naturais. O blog apresenta a indicação da Dra Clark, mas como os produtos estão distantes de minha realidade, optei por utilizar o alho. Poderoso e natural remédio caseiro antibacteriano e antiparasitário. Receita bem simples: Comer dois a quatro dentes de alho crus. Também pode ser esmagado ou picado. Outra dica é o óleo de alho que podemos tomar uma colher de sopa duas a quatro vezes ao dia. Inicialmente pelo menos 3 vezes por semana. Após é repetir uma vez ao mês ou no máximo a cada três meses. Certamente matará muitos vermes.

Recomendo! Com muita fé e bençãos!

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Obrigado Áurea pelas dicas. Esse óleo de alho eu compro aonde? Um abraço,

Aurea Emilia disse...

Olá Luiz, particularmente utilizo o alho picadinho. Uma colher a noite e outra pela manhã, em jejum. É tranquilo. O óleo de alho pode ser adquirido em loja de produtos alimentícios naturais. Pessoas utilizam esse óleo como tempero ou molho nos alimentos. Sucesso!!

LUIZ MAURICIO Souza disse...

Obrigado Áurea!

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 273   Recentes› Mais recentes»